O pequeno ditador

Este artigo é escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico Não gosto de falar de futebol; considero o “desporto-rei” um assunto relativamente aborrecido. Já a minha namorada é uma Sportinguista doente. São estas idiossincrasias que nos unem. É verdade que no passado tive um ódio escarlate a tudo o que o futebol representa: o fanatismo, […]

Revisitando Donald Trump

Este artigo é escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico Está na altura de voltarmos a falar do político mais interessante do mundo. Não, não é o Tino de Rans, se bem que este oferece uma concorrência apertada. Estou a falar do nosso querido amigo Donaltim! Aquele que nos faz ter saudades do George W. […]

Arrendar a vida

Esta crónica é escrita ao abrigo do novo acordo ortográfico Para os que moram na doce capital portuguesa há coisas que nunca mudam: o Colombo é insuportável em dias de jogo do Benfica, os pastéis de Belém são sobrevalorizados e os melhores orégãos compram-se na Rua Augusta. No entanto, há coisas que mudam. As rendas […]

“O estado-social é imoral!” – uma resposta

Este artigo é uma resposta escrita à crónica de Telmo Azevedo Fernandes publicada no jornal online “Observador”, passível de consulta aqui. Não faço a minima ideia de quem seja Telmo Azevedo Fernandes e, com todo o respeito, não tenho interesse em saber, principalmente depois do vómito asqueroso que o vi projetar para as páginas do […]

O Tetris de Trump

Este artigo é escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico O Rock ‘n’ Roll é a música do diabo, já diziam os antigos. Já o Dungeons and Dragons, apesar de parecer um jogo de tabuleiro para adolescentes virgens falhados (classe onde eu me incluía à época), é na realidade um ritual de invocação “Beelzebuziano” que […]

A segunda emenda

Este artigo é escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico O Donald Trump não é boa rês. Noutras notícias o céu é azul, a relva é verde e o Sócrates não é engenheiro. Os comentários do Presidente aquando o tiroteio na escola da Florida geraram alguma polémica, ao que parece. Trump gostava de que os […]

A Escada

Esta crónica é escrita ao abrigo do novo acordo ortográfico Há algum tempo que não escrevo nada 100% pessoal. O alarme já toca, sinalizando uma necessidade de libertar algum pensamento escuro e coberto de teias de aranha que tenho neste meu sótão. Eu estou doente. Eu sou doente. Há um metafórico cancro que me consome […]

A caça

Este artigo é escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico Tenho assistido com relativa estupefação a esta onda de acusações de assédio sexual que assola os Estados Unidos da América. Em primeiro lugar, nunca esperei que as acusações a Harvey Weinstein, um total desconhecido para quem está fora do meio de trabalho cinematográfico, servissem de […]

O meu lado negro

 Esta crónica é escrita ao abrigo do novo acordo ortográfico Apesar das minhas marcadas posições canhotas na esfera política, venho aqui, em jeito de confissão, falar um poucochinho de algumas das minhas posturas mais à direita. Antes de mais, um momento rapper – esta é dedicada àqueles que já não gostavam de mim de qualquer […]

A nova escravatura

Os estágios. Coisa bonita, não é? Uma boa oportunidade para ganhar experiência profissional, para conviver com colegas de profissão e para ganhar uns trocos. O problema é que encontrar um estágio pago é mais difícil do que encontrar uma edição do Correio da Manhã em que o Sócrates não esteja na capa. Remunerar os estagiários […]

Era uma vez um eucalipto

Esta crónica é escrita ao abrigo do novo acordo ortográfico   Assunção Cristas. O que dizer sobre a atual líder do CDS-PP que ainda não tenha sido dito? 13ª apóstola de Cristo? Fã incondicional da modalidade “assinar documentos sem os ler”? E que tal ministra do eucalipto? Sim, que grande tirada, João! É isso mesmo… […]

Calcifim

Antes de mais, vão ter de me perdoar o horrível trocadilho que dá título a esta crónica. Não resisti. Tentarei não repetir, mas deixo-vos sem promessas. Seja por hábito, tortura ou laços familiares, se já acompanham este meu “cronismo” há algum tempo, devem saber que poucas coisas me tiram tão depressa do sério como a […]

Os abutres suicidas

Há que admirar a capacidade da direita portuguesa de transformar desgraça em arma política. Refiro-me evidentemente ao recente incêndio monstruoso em Pedrógão. Sobre esse assunto nada mais deixo do que os meus sinceros pêsames e o meu apoio incondicional à população afetada por aquilo que foi um autêntico inferno na Terra. Sofreram mais do que […]

Médicos – Onde estão eles?

Fala-se muito na crescente carência de profissionais na área da saúde. Nas salas de espera, nos atrasos no atendimento e no perpétuo atulho do Amadora-Sintra parece evidente que algo não está certo. As justificações? Alguns apontam o dedo a uma preguicite aguda das classes médicas e ao seu desinteresse em relação ao ofício. Quem é […]

O bom, o mau e o laico

Esta crónica é escrita ao abrigo do novo acordo ortográfico   Como ateu quase militante seria fácil para mim criar toda uma revolta imaginária em relação à tolerância de ponto concedida pelo governo aquando da vindoura visita do Papa. Também poderia com uma hipocrisia inocente fechar os olhos a este bombom dado pelo Estado Português […]

No meu tempo

Este artigo é escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico Não fui à minha viagem de finalistas. Recusei-me a manchar a minha reputação de misantropo pseudo-straight edge. Mal de mim se alguma vez eu me iria associar com a mentecapta ricalhagem com quem partilhava a sala de aula. O meu esquerdismo extraiu um pouco desta […]