Um dia numa sala iraniana

«The living room is the space that protects the integrity of the individual and marks the boundaries between the public and the private spheres. A place where individuals can just be with themselves and not feel compelled to make an impression or conform to the tastes of others.» A exposição «Iranian Living Room» apresenta o […]

Silêncio, que se vai ver o Fado

«Amor, ciúme 
Cinzas e lume
 Dor e pecado 
Tudo isto existe
 Tudo isto é triste
 Tudo isto é fado.» Retratos de grandes nomes do fado construídos com materiais reciclados: é isto que constitui a exposição «Somos Fado, parte I». Da autoria de Pedro Guimarães, o trabalho encontra-se presente no Museu do Fado, desde o dia […]

Abram as cortinas: hoje é Dia Mundial do Teatro

Não sou particularmente fã da celebração deste tipo de dias. Acho sempre que eles servem mais como uma estratégia comercial do que para qualquer outra coisa. Ainda assim, devo confessar que este é um dia que eu considero ser especial. Não que para mim o dia do teatro não seja todos os dias, porque todos […]

Neither here nor there but everywhere

A mancha artística de Mariana Dias Coutinho transpõe a tela para conquistar a cidade de Lisboa. Conhecida pela arte urbana, a artista, após múltiplas exposições e o mais recente mural “Desassossego” na Rua do Alecrim, deixa a sua marca no Casino de Lisboa com uma exposição temporária e um mural. Ironicamente, numa exposição com o […]

A construção do espetáculo representado em espetáculo

Linhas, máscaras e corpos: foram três os elementos a construir «Intermitências», uma peça integrada em Cumplicidades – Festival Internacional de Dança Contemporânea de Lisboa -, que se realizou no Teatro da Trindade nos dias 12 e 13 de março. Da autoria do coreógrafo brasileiro Joclécio Azevedo, «Intermitências» é um espetáculo que se baseia no modo […]

Nepal – A Vida Creativa (Review)

Nas paredes hirtas do Instituto Camões observam-se registos dos dias que sucederam no Nepal: o desmoronar dos edifícios, “a dança do solo”, o “bater dos pés de monstros furiosos”. A força da Natureza uma vez mais fez-se ouvir e Carlos Brum Mello e Ana Catarina Silva, sensibilizados por tal voz, tomaram a iniciativa de criar […]

«Os Despojos do Dia»

Imagem 1 Se os despojos provêm do homem, se é ele quem os cria, é necessário mostrá-los – aos olhos do homem e para o homem -, numa imagem quase idealista num espaço quase perfeito, mas que nada mais é senão a Natureza. É a partir deste mote que surge «Os Despojos do Dia», uma […]

Design em casa portuguesa por José Espinho

Entre cadeiras, estiradores e fotografias de hotéis, cinemas e casas do século XX, são vários os objetos que, no Museu do Design e da Moda (MUDE), relembram José Espinho; aliás, a sua vida e obra, não fosse esta a exposição José Espinho. Vida e Obra. O MUDE iniciou-se como contador de histórias do design português […]

Lisboa pelas palavras de Pessoa e pelas mãos de Linhares

Ouve-se o fado nas ruas de Alfama, abranda-se o passo na Estrela e deixa-se o elétrico 28 passar. Observam-se os monumentos antigos e a pedra da calçada que teima em chamar a atenção. Sente-se o cheiro a maresia. Estamos em Lisboa e há tanto para visitar. Lisboa – O que o Turista Deve Ver é […]

«Terreno Selvagem»

Imagem arquivo TNDM II Duas vozes em duas pessoas que representam três numa demonstração do quotidiano que corre e que cala os demais: falamos de «Terreno Selvagem». Escrita por Miguel Castro Caldas e interpretada por Pedro Gil e Raquel Castro, a peça esteve em cena na Sala Estúdio do Teatro Nacional Dona Maria II até […]

O lápis de pomar e o ferro de chafes

Quando a arte assume duas formas físicas, servindo o mesmo propósito, não existe qualquer aspecto passível de ser considerado um erro, uma imperfeição ou uma desconexão com a realidade. E é isto que o Atelier Museu Júlio Pomar – na Rua do Vale, em Lisboa – nos apresenta até dia 21 deste mês: a escultura […]

Lago dos Cisnes – Review

Dia 30 de dezembro, o ano de 2015 estava em vésperas de terminar e eu dirigia-me ao Teatro Tivoli para assistir a um bailado muito especial. Um bailado que, desde 2010, com o filme Black Swan, eu andava muito curiosa para ver encenado em palco. Tive, então, a oportunidade de o ver através da Russian […]

E o teu vizinho, também é judeu?

No passado dia 27 de novembro desloquei-me até a um dos meus sítios preferidos de sempre: o teatro. Se quiser ser mais específica devo dizer que fui mais precisamente ao auditório do Casino Estoril. E o que fui eu ver? – perguntam vocês. Tive então a oportunidade de assistir à peça “O meu vizinho é […]

Erasure: flash, apagar, desaparecer

Uma cadeira, um balão, dois tecidos, dois corpos. Na escuridão da Sala Estúdio do Teatro Dona Maria II são-nos expostos objetos e pessoas numa quase levitação aquando do seu registo fotográfico. O flash é nítido mas cega; as palavras são escassas. “O levitar terá pernas para andar? (Ou terá asas?)” Silêncio; luz Da autoria de […]