• Literatura,  Secções

    Era uma vez…uma máquina de voar

    Entrevista a Carla Jorge e Irina Melo Fotos de Pedro Miranda Era uma vez duas meninas que sabiam para onde os pais iam quando deixavam os meninos em casa dos avós ou na escola. Essas meninas queriam contar tudo o que os pais faziam aos outros meninos. Então, escreveram um livro, outro, outro e ainda outro sobre os “nossos pais”.…

  • Literatura,  Secções

    A maior obra da História

    Começo a crítica a este livro com duas simples citações de duas grandes figuras do século XX: “Os Irmãos Karamázov é o romance mais magistral que alguma vez se escreveu, e nunca seremos capazes de apreciar devidamente o episódio do Grande Inquisidor, que é uma das maiores realizações da literatura mundial.” “Leio fascinado Os Irmãos Karamázov. Trata-se do mais magnífico…

  • Literatura,  Secções

    Desenhador de Palavras: Eça de Queirós

    José Maria de Eça de Queirós nasceu a 25 de novembro de 1845, na Póvoa do Varzim, numa casa no centro da cidade. O seu pai era José Maria Teixeira de Queirós, do Rio de Janeiro, e a sua mãe era Carolina Augusta Pereira d’Eça, de Monção. Os seus pais tinham mais seis filhos e só se casaram depois de…

  • Literatura,  Secções

    Ri e chora por mais

    Recensão: “Crónica dos Bons Malandros” de Mário Zambujal. Este não é um livro para todos. Certamente, não foi escrito para as meninas de trancinhas direitas que não suportam que se lhes mexa no cabelo ou para os meninos que nunca tiveram o desplante de substituir os pneus do carro do professor menos simpático por tijolos. Também não é para o…

  • Literatura,  Secções

    Uma questão de perspetiva

                    Numa altura onde se discutem soluções de governo à esquerda e à direita, questões de legitimidade governativa e de previsões de futuro, aquilo que é certo é a existência de uma grande diversidade de opiniões, pontos de vista e perspetivas. Pois bem, é precisamente sobre a dificuldade de haver uma visão isenta…

  • Literatura,  Secções

    Português com futebol à mistura

    “Gente Famosa também dá pontapés na gramática” é um livro de Lauro Portugal que nos mostra diversos pontapés na língua dados por famosos, como políticos, atores, jornalistas, locutores de rádio, escritores, etc.. O autor apresenta-nos o erro, com a indicação de quem o deu – sempre ocultando o nome, embora por vezes seja fácil descobrir de quem se trata –…

  • Literatura,  Secções

    Desenhador de Palavras: Dinis Machado

    Fumava muito. Fumava tanto que morreu de cancro do pulmão. Estávamos no ano de 2008. Dinis Machado nasceu a 21 de março de 1930. Cresceu e viveu no Bairro Alto até casar, em 1963. Frequentou o Curso Geral do Comércio, mas nunca o terminou. Depois trabalhou na Federação das Caixas de Previdência, onde conheceu Eugénio de Andrade, que se tornaria…

  • Literatura,  Secções

    Desenhador de Palavras (e de emoções): Nicholas Sparks

    Nicholas Charles Sparks, um famoso escritor de romances, nasceu em 1965 em Omaha, Nebraska. Cresceu em Fair Oaks na Califórnia e vive atualmente na Carolina do Norte com a família. É filho de Patrick Michael Sparks, um professor de contabilidade, e de Jill Emma Marie Sparks, uma dona de casa e assistente de optometrista. Tem dois irmãos, Michael Earl “Micah”…

  • Literatura,  Secções

    Uma Livraria Solidária

    Francisca Prieto tem uma filha portadora de Trissomia 21. Isto podia não ter qualquer relevância, mas, para esta reportagem, é um excelente ponto de partida. Se esta premissa não se manifestasse, talvez a livraria Déjà Lu não existisse. Francisca criou este projeto para poder não só libertar-se de alguns livros acumulados, fruto de uma grande paixão pela literatura, mas também…

  • Literatura,  Secções

    “Nem sabes o que aconteceu!”

    Entrevista a Sofia Costa Lima Fotografia: Pedro Miranda Quando me encontrei com a Sofia no terceiro piso da Escola Superior de Comunicação Social (ESCS), a chuva não mostrava intenções de abrandar. No entanto, não precisei de rasgar a minha capa para chamar o Verão de São Martinho antes do tempo, uma entrevista bastou. Assim, quando nos levantámos, a Sofia foi…