Desejos e um assassinato

Muitas raparigas têm medo de ter duas personalidades, mas Marta pensa nisso a cada segundo.
 “Penso que o meu coração se quebrou. Este é o anel que me tiraram e agora estou feliz. Por Deus eu acordei de um sonho que não sei qual era. E sinto que a minha mente foi remexida. Deixo, agora, […]

O que fazer quando estamos a ler um livro de que não gostamos

Vejo um bocadinho a leitura como a vida amorosa. Acho que cada livro que lemos é como se fosse um namoro: se gostamos muito da obra, e esta nos enche as medidas, é um período de grande felicidade e, seja o que for que estamos a fazer, pensamos nela a toda a hora; quando é […]

Chamem o CPR. A escrita parou de respirar.

Já tentaste mesmo tudo? “Sim”. Colocaste as palavras deitadas de costas sobre uma superfície dura? “Sim”. Sobrepuseste as mãos na metade inferior do externo do abecedário? “Sim”. Esticaste bem os braços e pressionaste as letras? “Sim”. De certeza que comprimiste as metáforas contra os paradoxos? “Sim”. Comprimiste e descomprimiste? “Sim”. Concluíste cinco ciclos de 30 […]

Liberdade – a de ontem e a de amanhã

Celebrar o 25 de abril é festejar a conquista de um dos maiores direitos alcançados: a liberdade. Na literatura, foram muitos os escritores que, desde a poesia à prosa, foram invocando a mulher do mundo. Mais do que celebrar a liberdade, é importante recordar momentos que a mataram. Hoje, recordo o livro “O rapaz do […]

Espera

Espera! Não vás. Tenho muito para te dizer antes de partires, Coisas para te confessar, Segredos para revelar, Obrigados para te gritar. Espera! Não podes ir já. Tenho uma vida para te dar, Um mistério por desvendar, Uma despedida demorada para fazer, Um livro para escrever. Espera! Não partas já. Tenho um momento para te […]

Sete problemas de quem gosta de ler

Gostar de ler é muito bom… até que deixa de o ser! Desengane-se quem acha que gostar de ler é fácil: não há coisa mais complicada! Não acreditam? Ora leiam! 1) Não te podes apanhar sozinho(a) numa livraria (ou na secção de literatura de uma loja) sem cometeres uma loucura; 2) Sempre que consegues ter […]

Dulcineia ou Natália, eis a questão

Entrevista a Natália Constâncio Por Ana Rita Nunes Embora seja doutorada, ainda não saiu da escola. O dia-a-dia é passado a contar os grandes feitos dos portugueses e a amizade de um rapaz com uma menina que vive no mar. Tem vários livros publicados, como “A Súplica de D. Pedro” ou o conto infantil “Inês, […]

A mulher e a Literatura

A mulher nasceu, escreveu e morreu. A marca das mulheres na literatura está presente em muito daquilo que lemos. Sensibilidade, amor, toque. Hoje falamos de mulheres, em todo o mundo, com um papel importante na literatura. Carol Rossetti Falar de violação, violência e prostituição parece ainda atormentar as almas mais temerosas destes temas. “Ana foi […]

És feliz. Eu sou forte.

Destruíste-me. Obrigada. Hoje estás feliz… com ela. E eu ainda choro a dor de o sonho se ter desmoronado. Nunca acreditei em sonhos; a irrealidade transtorna-me, mas tu fizeste-me acreditar que era possível viver um sonho na vida real. Era tudo mentira. Foste a maior falácia viva da minha vida. Hoje és verdade, porque a […]

Uma viagem com “A rapariga no comboio”

Quando comprei “A rapariga no comboio”, na Feira do Livro de 2015, não sabia que este estava a ser um sucesso. Nem sabia muito bem ao que ia. Na realidade, precisava de comprar mais um livro para usar o desconto da Fnac, e este pareceu-me uma boa opção. Desde aí, tem estado poisado na minha […]

Aldous Huxley- um excêntrico visionário, mas um correto visionário

A 26 de julho de 1894, nascia na cidade de Goldaming, na Inglaterra, um dos maiores escritores que o mundo já viu. Famoso pelo seu conhecimento e erudição admiráveis, Huxley foi romancista, ensaísta, poeta e responsável por algumas das melhores obras da literatura de ficção. O seu pai, Leonard Huxley, foi editor, poeta e escritor […]

Descobrir Lisboa com Reis

Podemos percorrer todos os dias os mesmos caminhos. Passar pelas mesmas ruas, contornar as mesmas esquinas, pisar a mesma calçada e nunca reparar nas suas formas ou cores. Já dizia El-Rei D. Duarte: “Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara”. Os caminhos de Lisboa aproximam-nos da obra “O ano da morte de Ricardo Reis” […]

Vida transparente

Imaginem que vivem numa cidade feita de vidro. Tudo o que fazem é em nome do Estado Único e do Benfeitor. Imaginem que têm um horário que rege a vossa vida diária ao mais ínfimo pormenor. Imaginem que vivem num mundo que aboliu a emoção e o sentimento em favor de uma racionalidade matemática total. […]

Letras, linhas e cores

Um livro é mais do que páginas constituídas por palavras que se dividem em letras. Um livro é feito por várias pessoas. Há quem o escreva, quem o corrija, quem o preencha com desenhos, quem o imprima, quem o leia. Esquecemo-nos frequentemente de muitas destas pessoas, por isso a Biblioteca Municipal de Vila Franca de […]

Os seis livros que me desiludiram

A Inês Rebelo não escreve com o Novo Acordo Ortográfico. Falamos muitas vezes dos livros de que gostámos e que marcaram a nossa vida. Mas e aqueles livros que começámos a ler cheios de entusiasmo e se revelaram um “embuste”? A verdade é que esses também são muito importantes nas nossas vidas, sendo como marcos […]

Labirinto de Papel

Fotos de Inês Rebelo e Ana Rita Nunes Em Benfica, na Avenida do Uruguai, número 13A, existe uma livraria com perfume de páginas amareladas pelo tempo e um gato a dormir na montra. A livraria tem dois andares cheios de histórias, com livros a cobrir todas as superfícies e tesouros escondidos, como máquinas de escrever […]