Destruir para renascer

No âmbito da agenda cultural de Lisboa Capital Ibero-americana de Cultura 2017, foi feito um convite à dupla cubana Los Carpinteros: inaugurar a antiga Carpintaria de São Lázaro como um novo espaço de criação e exposição de Arte contemporânea.

Assim, como que um retomar das atividades exercidas naquele local, “carpinteiros” construíram não mobiliário mas uma instalação representando o processo de criação.

A luz que irrompe pelas amplas janelas do local mostra-nos no chão sombras da destruição, os fragmentos revelam texturas por entre os tons neutros e mesmo à distância despoletam uma viagem sensorial. Vemos e ouvimos além da amálgama cultural do Martim Moniz e o movimento da cidade. Sentimos a dor infligida pelas farpas e pelos cacos, escutamos sons estridentes como se o tempo tivesse parado tal como no relógio suspenso no ar, intacto. O momento de contemplação daquele Big Bang refugiado numa sala imortaliza o grande impacto visual transpondo para a analogia do processo de criatividade espontânea.

Não é a primeira vez que os artistas concebem algo desta Natureza, o conceito de explosão de criatividade é algo que os acompanha na sua carreira artística e no próprio processo de criação. O que era deixa de ser para se tornar algo mais, a metamorfose alimentada pela intenção e pelo tempo eleva a condição de tudo. Nascem, suspensos no ar, fragmentos do que foi um dia uma cadeira, uma parede, um lar e no seu conjunto tornam-se mais que uma casa. Um renascer da carpintaria cumprindo talvez o seu destino devido ao presságio associado à história do Santo que dá nome à rua, São Lázaro (amigo de Maria que Jesus ressuscitou; Jesus foi também carpinteiro).

A instalação showroom está aberta a visitas desde 18 de fevereiro, tendo contado com uma ótima adesão pelo conteúdo visual. A sua data de término é a 1 de maio.

A entrada é gratuita e as Carpintarias de São Lázaro estão abertas ao público de quarta a sábado entre as 15h e as 19h. Abrem também por marcação prévia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *