Música

Love Yourself: Tear, um hino ao amor-próprio

O novo álbum da banda de Kpop BTS “Love Yourself: Tear” trouxe de novo os rapazes às luzes da ribalta e, como era de esperar, recordes já estão a ser quebrados.

São sete os rapazes coreanos que integram a banda formada pela editora Big Hit Entertainment em 2013: RM, Jin, Suga, Jhope, Jimin, V e Jungkook. Nos últimos anos, têm vindo a quebrar barreiras para o género musical Kpop: foram o primeiro grupo coreano a ganhar um Billboard Music Award (em 2017, o prémio “Top Social Artist”), foram considerados a banda sobre quem mais tweets foram escritos em 2017 (com mais de 500 milhões de likes e retweets) e, mais recentemente, devido ao novo álbum, ficaram em primeiro lugar nos Billboard 200, tornando-se a primeira e simultaneamente mais alta entrada para artistas coreanos.

Com influências de R&B, electrónica, hip-hop e música latina, “Love Yourself: Tear” torna-se uma junção interessante e surpreendentemente bem conseguida.

O segundo álbum da coleção “Love Yourself” (o primeiro foi “Love Yourself: Her”, lançado em setembro de 2017), reflete, nas palavras do líder do grupo, RM, em entrevista à J-14 Magazine, a complexidade do amor, particularmente para as piores partes: “Há algumas coisas [no amor] que nos fazem sentir mal ou depressivos (…), por isso desta vez queremos focar-nos em algumas partes do amor das quais queremos fugir”.

O single “Singularity”, que serviu de trailer para o álbum, surge com uma melodia hipnotizante de R&B, onde se destacam claramente o baixo e a voz grave e cheia de soul de V, o único integrante que canta nesta música.
No primeiro single oficial “Fake Love”, numa melodia difícil de esquecer, o grupo canta sobre perdermos quem realmente somos quando estamos numa relação com outra pessoa: “Olha para mim, até eu desisti de mim mesmo”, “Tentei apagar-me a mim mesmo e tornar-me o teu boneco”. Sobre este single, RM pronunciou-se: “Queríamos dizer que se não fores verdadeiro contigo próprio, o amor não vai durar e que o amor pode ser entre duas pessoas ou contigo próprio”.

De destacar ainda “The Truth Untold”, uma das favoritas dos fãs, (com a participação de Steve Aoki), onde Jin, Jimin, V e Jungkook demonstram as suas vozes, que encaixam perfeitamente com a melodia melancólica, e “Tear”, a última faixa do álbum, onde RM, Suga e Jhope (os rappers da banda) conseguem facilmente transmitir toda a sua emoção através desta música com clara influência de hip-hop.

“Love Yourself: Tear” é, sem qualquer dúvida, um dos melhores álbuns dos BTS até hoje, no qual conseguem conjugar as melodias cativantes com importantes mensagens que têm que ser transmitidas, particularmente aos jovens, como a importância do amor-próprio.

Apesar de serem conhecidos pelos fantásticos espetáculos ao vivo que fazem, onde interagem com o público e demonstram, para além das suas capacidades vocais, os seus dotes no que toca à dança, infelizmente, Portugal não está na lista de países que farão parte da sua tour europeia no final de 2018. A Love Yourself Tour passa apenas por quatro cidades europeias: Londres, Amesterdão, Berlim e Paris.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *