“O homem que inventou o Natal” – um cliché reinventado

Original, divertido e emocionante. “O homem que inventou o Natal” é o filme perfeito para aqueles que gostam de fugir aos típicos clichés de Natal.

O homem que inventou o Natal” é um filme que mostra os bastidores da criação de uma das obras mais fantásticas de sempre. Depois de ter conseguido publicar um livro de grande sucesso, Charles Dickens vê-se com um bloqueio criativo que o impede de escrever.

Em 1873, com três livros falhados e uma família por sustentar, o escritor luta por um rasgo de criatividade que lhe traga de novo estabilidade. É então que, num momento de pura genialidade, Charles Dickens encontra a inspiração para as personagens emblemáticas que vão dar forma à obra: Ebenezer Scrooge e Pequeno Tim. É a partir daqui que vamos assistir à maneira como a mente de Charles Dickens cria “Um conto de Natal”.

Com um guião que parte do livro Les Standford e com realização de Bharat Nalluri, este é um filme que apresenta um argumento original para uma história que foi contada e recontada imensas vezes, conseguindo ainda assim manter a sua magia.

É com certeza uma boa aposta para este Natal, visto que a história demonstra na sua essência o verdadeiro significado de espirito de natalício. Entre momentos mais tristes e dramáticos e momentos mais divertidos, esta biografia mostra também episódios da infância do famoso escritor, que tornam o filme mais completo, realista e apetecível para todas as idades.

Uma ida ao cinema que de certeza valerá a pena, não só para conhecer melhor um grande escritor como também para passar um bom serão em família.

Posted in 7ª Arte and tagged , , , , .

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *