O poder da música: Rockin’1000

O maior poder da música é, de facto, a união que a mesma proporciona. Independentemente de divergências, a música aproxima as pessoas, seja em pequena ou em grande escala. Um brilhante exemplo disso são os Rockin’1000: um grupo de mil músicos que se juntou, formou uma banda e agora tocam ao vivo.

O sonho começou em 2015 com um único objetivo: trazer os Foo Fighters a Cesena, uma pequena cidade na Itália. Como o fizeram? Reuniram mil músicos nacionais e internacionais para tocarem “Learn To Fly”, o êxito dos Foo Fighters. Contavam com centenas de bateristas, guitarristas, baixistas e vocalistas, que se guiavam por uma banda principal e pelo maestro. Uma obra que exigiu concentração e, como é evidente, muito talento.

“O projeto foi demorado e trabalhoso”, afirma Fabio Zaffagnini, o fundador da iniciativa. Mas valeu a pena, pois o seu objetivo foi conseguido (os Foo Fighters anunciaram um concerto na cidade, no ano seguinte) e o seu vídeo no YouTube conta com mais de 41 milhões de visualizações até à data.

Este fantástico espetáculo tornou-se algo maior. Levados pelo espírito “Together we can do it”, decidiram formar uma banda, a maior banda de rock de sempre. Em 2016, os mil músicos já tocavam ao vivo perante uma audiência e contavam com CD e Vinil do seu concerto em Cesena.

Nos vídeos da banda podemos ver pessoas com características diferentes (características essas que, por vezes, entram em conflito), unidas. Não importa o género, a raça ou religião. Naquele momento todas estavam focadas no mesmo objetivo.

É fascinante ver crianças de 8 anos a tocar bateria ou guitarra, a vibrarem com músicas que foram produzidas antes de estas terem nascido. Contudo, sabem-nas de cor e cantam-nas com toda a sua alma.

Para um apaixonado por música, é possível sentir isto num concerto. Pessoas que nunca antes se haveriam cruzado estão juntas para ouvir algo de que gostam, em frente a músicos que admiram. Uma sensação única que só consegue ser compreendida por quem a vivencia.

 

Rock makes it impossible to stand still, it pushes you to fight authority, to show your feelings, to get to know people.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *