O techno de volta ao underground

“O número sete representa a totalidade, a perfeição, a consciência, a intuição, a espiritualidade e a vontade. O sete simboliza também conclusão cíclica e renovação.”

Foi no passado dia 7 de outubro, no número 107 da Avenida 24 de Julho que vi e ouvi algo a renovar-se: a cena techno underground em Lisboa.

Tudo aconteceu num armazém escondido no meio de velhos prédios lisboetas, de ar “gasto” e abandonado. A entrada era subtil e misteriosa, guiando-nos através de um corredor apertado por entre dois desses prédios. No dancefloor não se via decoração, a não ser aquela que o próprio tempo deu àquele edifício. Senti-me bem e tive a certeza: cheirava a underground, cheirava a techno na sua verdadeira e original essência.

A primeira festa da Point, que nem por isso mostrou não estar à altura, deu-nos (a mim e aos que lá dançaram) uma festa à antiga, com os ingredientes necessários: um dancefloor escuro, sem telemóveis, cheiro a suor e techno com classe. À entrada todas as câmaras de telemóveis foram tapadas com um autocolante, porque “O que acontece na Point, fica na Point”.

O line-up não ficou atrás. Era composto por quatro artistas de diferentes nacionalidades e com diferentes abordagens à sua arte, que vieram para atuar neste sítio especial: Qwyatt, Takaaki Itoh, Edit Select e Luigi Tozzy. Foram estes os nomes que fizeram parte do primeiro capítulo da Point. E como este foi o início de uma história feliz, nenhum dos artistas desiludiu e mostraram o que de melhor há no lado obscuro do techno. Porém, merece um destaque especial o italiano Luigi Tozzy, que nos presenteou com uma viagem mágica, criando, como sempre, as suas paisagens sonoras, características do estilo italiano, e oscilando com grande classe entre diferentes intensidades e emoções, que ora nos elevavam a um estado de euforia, ora criavam em nós momentos de introspeção e paz.

Uma festa com bom ambiente, boa música, muita dança sem inibições e um terraço para as pausas onde o convívio estava sempre agradável.

Muito bem para uma estreia! E prometem voltar em breve…

Posted in Música and tagged , , , , , .

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *