The Rose: o soft rock sul-coreano

No mundo do K-Pop, os grupos musicais são formados a partir de companhias que treinam os seus membros, escolhendo quem faz parte da banda. Os The Rose são a exceção.

Site oficial da banda

A banda coreana é composta por quatro elementos, que se conheceram de uma forma pelicular. Dois dos membros, Dojoon e Jaehyeong, conheceram-se quando estavam a fazer busking (performances ao ar livre) nas ruas universitárias de Hongdae, região sul na capital da Coreia do Sul. Dojoon treinava para ser um ídolo noutra companhia, da qual desistiu pouco tempo depois. Então, este começou a praticar com o novo amigo. Da mesma maneira, encontraram outro rapaz com os mesmos objetivos, Hajoon, e juntaram-se para fazerem covers de sucessos americanos. Só faltava mais um membro, um rapaz nascido em Los Angeles que se mudou para a Coreia quando era criança, Woosung.

Assim, com o novo oficial The Rose, assinaram um contrato com a J&Star Company e a 3 de agosto de 2017 estrearam com o seu single, Sorry.

Em abril de 2018, lançaram o seu primeiro álbum, Void. Músicas como Candy (so good) são fora da caixa para um grupo de K Pop: com guitarras elétricas em notas agudas e ritmos rápidos torna-se difícil de acreditar que esta não é uma música da banda britânica The 1975. Devido ao sucesso rápido, a banda coreana partiu em tournée em 2018 pela Europa, EUA, México e Brasil.

 

Os quatro rapazes escrevem, compõem e produzem a sua própria música, algo pouco usual para o mundo do K-Pop. No dia 5 de outubro, lançaram o seu segundo álbum de estúdio, Dawn. O primeiro single, She’s in The Rain, mostra um tom melancólico, com uma letra profunda sobre um amor que está a desvanecer. Os vocais são ousados e acompanham perfeitamente a guitarra elétrica suave com solos hipnotizantes. As restantes músicas: “I Don’t Know You”, “Take Me Down” e “Insomnia” seguem a mesma regra. Formam um álbum consistente e agradável para se ouvir nos dias de chuva que se aproximam.

Apesar de escreverem sobre a chuva, o futuro dos The Rose é solarengo. A banda está a criar furor dentro e fora da Coreia do Sul, com uma turné mundial ainda por anunciar.

Artigo corrigido por: Joana Silvério

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *