• Desporto

    Dovizioso é quem manda no Qatar

    É oficial. Abriu a temporada de 2018 do Moto GP. O campeonato do mundo de motociclismo teve início, este fim-de-semana, no Qatar. Depois de uma espera de quatro meses, os melhores pilotos do mundo voltaram às pistas para dar tudo por tudo. A prova realizou-se no Qatar, no circuito de Losail, que já abre a temporada desde 2007. Este que é um dos eventos mais espetaculares do calendário decorre durante a noite, no meio do deserto. As condições climatéricas características do local dificultam muitas vezes o trabalho dos pilotos. O vento forte, as temperaturas altas durante o dia e baixas durante a noite, assim como a fraca visibilidade e a…

  • 7ª Arte

    Aparição: Mais valia não ter aparecido

    Desde que foi anunciado o início do desenvolvimento da adaptação do livro  Aparição, de Vergílio Ferreira, para o grande ecrã, que antecipava ver o resultado final. Preferia não o ter visto. Não é que seja completamente mau, mas é decepcionante. Aparição, tal como o livro homónimo, passa-se no final dos anos 50 e conta a chegada de Alberto Soares (Jaime Freitas) a Évora, para lecionar no liceu daquela cidade, e relata os diversos acontecimentos, alguns deles trágicos, que assolaram a sua estadia naquele local. Alberto (Jaime Freitas) O grande problema de Aparição é a forma como o livro é traduzido para o filme. O realizador tentou copiar a obra literária…

  • 7ª Arte

    “Hostiles”: amor e ódio de mãos entrelaçadas

    Hostiles é uma história de redenção e consciencialização, envolta num ambiente de extrema violência, que nos transporta para a dura realidade da colonização do oeste americano. O filme inicia-se com o brutal assassinato de toda a família de Rosalie (Rosamund Pike) por uma tribo de índios. O ano é de 1862 e estamos em plena época de colonização do território oeste americano, e é, sobretudo, uma época de ódio perante os nativos americanos. O capitão Joseph J. Blocker (Christian Bale) é um desses homens, que vive sob um sentimento de puro ódio contra indígenas, e leva o seu dia-a-dia a capturá-los e a prendê-los. Mas a sua missão muda de…

  • Desporto

    Ducati volta em força

    A época começou na disciplina rainha do motociclismo. O Grande Prémio do Qatar abriu as hostilidades para mais uma época. Na qualificação, o recorde de Jorge Lorenzo pela Yamaha em 2008 foi finalmente batido por uma mota da mesma marca, mas não por uma de oficial. O tempo mais rápido pertenceu a Johann Zarco, da Monster Yamaha Tech 3, com 1.53.680m. Na primeira fila da grelha o francês teve a companhia da Honda do campeão Marc Márquez e do italiano Danilo Petrucci da Parmac Ducati que conta com os mesmos chassis usado pelas Ducatis de fábrica. As Yamaha não demonstraram estar tão seguras como no ano passado, onde Maverik Viñales…