• Música

    Duas Personas e um texto de opinião

    Estaremos nós a ser invadidos por uma cultura repressora? O músico terá uma responsabilidade moral enquanto difusor? Dois elementos dos Persona 77 abriram as portas e as suas visões do mundo à ESCS Magazine. “Nenhuma forma de arte invade a nossa consciência da forma que o cinema faz, entra diretamente nos nossos sentimentos, profundamente nos quartos escuros das nossas almas.” – Esta afirmação do realizador sueco Ingmar Bergman é o mote perfeito para enquadrar a banda Persona 77 no contexto da liberdade atual. Da sétima arte nasceu a intemporal obra Persona, do realizador sueco – criação idealista, inovadora e genuína. E da voz dos jovens membros dos Persona 77 nasceu…