Made In ESCS

Da Magazine ao Digital: Editorial

Quando crescemos, temos tendência para ser senhores de nós próprios e querer caminhar sem qualquer ajuda. A nossa pequenina grande ESCS MAGAZINE também quis aprender a andar ainda antes de gatinhar. Tropeçou, tentou pronunciar algumas palavras e até conseguiu aprender a escrevinhar as primeiras letras. O pai orgulhoso intitula-se de Gonçalo Amorim e quis levar e acompanhar a sua pequenina, mas por vezes o crescimento tem de ser um processo autónomo. A Magazine foi criada por tios e parentes que gostavam de ver a pequenina a dar os seus primeiros passos mas, talvez por teimosia ou ingenuidade, a criança irrequieta encontrava sempre o caminho mais rápido para escorregar pelo corrimão em vez de subir os degraus do sucesso.
E após tanto trambolhão e nódoas negras, a maturidade da Magazine finalmente chegou. Depois da fase de rebeldia, finalmente encontrou o rumo da sua vida e enveredou por aquilo que a faz feliz: ensinar e acompanhar o crescimento dos que querem aprender. Talvez por ter aprendido muito com os seus erros, nada melhor do que ela para criar e disponibilizar um espaço de aprendizagem, onde os erros servem para corrigir, aprender e evoluir as capacidades de cada um.
Sempre fiel a quem a criou e idealizou, a Magazine veio para ficar. É um orgulho poder afirmar isto fazendo parte desta família de tutores de um projecto que é de todos nós, de todos os que fazem parte e dão corpo ao projecto, mas também de todos aqueles que sempre acreditaram na luta desta grande pequenina.
Surge então o “Da Magazine ao Digital”, a celebração de todo um trabalho de sucesso e de aprendizagem que resultou numa prenda para todos nós e, acima de tudo, para vocês. Foi graças a todas as críticas, opiniões, palmadinhas e ralhetes que foi possível chegar aqui. Foi ao aprender que conseguimos voltar às origens e ter esta edição impressa, que antes podia ter sido apenas uma miragem, mas que é real, palpável, visível.
Há muito tempo, tanto que a Magazine já nem se recorda (até porque toda a gente sabe que as crianças só guardam memórias coerentes a partir dos quatro anos), ela fazia-se de papel. Usavam-se aqueles instrumentos arcaicos chamados impressoras e tinteiros e lá se imprimiam, com o esforço de cumprir os omnipresentes prazos, uns quantos exemplares.
Neste aniversário, decidimos largar o rato e o teclado que tão fielmente nos acompanham, mês após mês, e voltar às nossas origens. Nem sempre é fácil organizar e gerir uma planificação que se faz com mensagens no facebook e uma equipa que raramente se encontra – temos a sorte de o empenho colmatar os desafios que a era digital insistentemente nos coloca. Mas mais difícil é contar caracteres, medir páginas, fazer de tudo palpável de modo a poder entregar-vos em mão este presente tão especial que é a edição impressa.
Sentiremos que o esforço valeu a pena quando virmos o papel chegar-vos às mãos e inalarem aquele cheiro a tinta tão característico. Quando vos virmos a folhear as páginas cheias de artigos pensados especialmente para este aniversário; quando vos virmos a entender quem é a Magazine e quantos passos hesitantes deu para se mostrar aqui, firme, no seu terceiro aniversário.
Mas a parte mais crucial será podermos ver mais membros a chegar, a aproveitar mais uma experiência tão fora da sua zona de conforto e a crescer connosco – saberemos então que os três anos da Magazine tiveram a sua função, e que se estes valores, agora solidificados, forem perpetuados as portas estarão sempre abertas a quem tiver vontade de aprender.
Somos aquilo que procuras. Procura o que há de ti nesta edição e, acima de tudo, encontra-te na ESCS MAGAZINE.
Parabéns, ESCS MAGAZINE!

A Direcção.

CAPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *