Artigo de Opinião – Onze ideal da Liga Portuguesa 18/19

Com mais uma temporada a terminar, surge sempre aquela questão: quem foram os jogadores que mais brilharam nos relvados portugueses? Deixo-vos aqui uma lista do meu onze da Liga NOS 2018/2019.

Tática escolhida – 3 x 4 x 3.

Guarda-redes:


Iker Casillas.
Fonte – Agência Lusa.

Iker Casillas – Para além da importância que este senhor tem no mundo do futebol, San Iker foi o guardião menos batido do campeonato, tendo realizado exibições de grande qualidade e contribuído para o sucesso defensivo dos Dragões.

Defesas:


Éder Militão.
Fonte – Sapo Desporto.

Éder Militão – Provavelmente o defesa mais versátil da Liga, agarrou o lugar no FC Porto na posição de defesa-central. Porém, realizou também muitas partidas a lateral direito. As suas prestações de classe mundial levaram a que o Real Madrid acionasse a sua cláusula de rescisão, que se fixava nos 50 milhões de euros.


Sebastián Coates.
Fonte – Google Notícias.

Sebastián Coates – Um dos jogadores do plantel leonino com mais jogos esta temporada, Seba Coates foi o elemento a destacar da defesa do Sporting, tendo realizado mais de 40 partidas esta temporada.


Alex Telles.
Fonte – Record.

Alex Telles – Um lateral com as características que todos os clubes procuram. Alex Telles é um jogador completo, marca golos, faz assistências, é o principal cobrador de bolas paradas do FC Porto e ainda ajuda na manobra defensiva.

Médios:


Rafa Silva.
Fonte – Sapo Desporto.

Rafa Silva – Uma época surpreendente do extremo português, não só pela sua intervenção goleadora, como pela sua importância na transição defesa-ataque, uma das principais armas do Benfica nesta temporada.


Bruno Fernandes.
Fonte – TalkSport.

Bruno Fernandes – O que dizer sobre este craque? Penso que é unanime a ideia de que Bruno Fernandes é o melhor jogador a atuar em Portugal. O médio leonino, para além da importância visível na performance da equipa do Sporting CP, bateu também recordes individuais, tornando-se no médio mais goleador de sempre numa só temporada.


Pizzi.
Fonte – Record.

Pizzi – líder de assistências do campeonato, é um jogador versátil. Pizzi pode jogar a médio direito, médio centro ou até mesmo na posição 10, sendo que a sua influência na equipa de Bruno Lage é igualmente importante.


Marcos Acuña.
Fonte – Record.

Marcos Acuña – Jogou grande parte das partidas da equipa de Alvalade e realizou inúmeras assistências para golo. Para além deste dado estatístico, é de salientar que o jogador argentino efetuou jogos quer como lateral esquerdo quer como um pouco mais avançado no terreno.

Avançados:


João Félix.
Fonte – Calcio Mercato.

João Félix – Sem dúvida, o jogador revelação do campeonato português. Um menino de 19 anos que, para além das grandes exibições realizadas, mostrou maturidade e foi decisivo nos jogos grandes. Estreou-se na equipa principal do Benfica a extremo esquerdo, mas foi com Bruno Lage que Félix começou a ser mais produtivo, jogando numa posição mais central do terreno.


Moussa Marega.
Foto: Notícias ao Minuto

Moussa Marega – Um jogador muito importante na manobra atacante do FC Porto, quer pela sua capacidade física quer pelo seu faro para o golo, que foi bem visível esta temporada.


Haris Seferovic.
Fonte – Mais Futebol.

Haris Seferovic – Um jogador muitas vezes criticado pela sua irregularidade. Haris Seferovic alcançou o estatuto de ponta de lança principal dos encarnados ao somar mais de 20 golos esta temporada.

Revisto por Ana Roquete

Artigos recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *