• Sem Categoria

    Sou estudante e vivo uma pandemia. E agora?

    Uma pandemia deu-se e fomos todos para casa, mas continuámos sempre a trabalhar. Quer estejas no ensino básico, quer estejas no ensino secundário ou superior, os efeitos do confinamento foram notoriamente negativos. Nunca pensámos que um ano depois da última apresentação presencial daquele trabalho chato estaríamos por casa a fazer as belas das apresentações, testes ou exames de forma online. Nunca digas nunca! O Francisco tem 19 anos e está a acabar o 12.º ano, no Colégio Rainha Dona Leonor. Em primeiro lugar, sente que a sua atenção nas aulas online em nada tem a ver com a atenção durante as aulas presenciais. Quem mais? Para além disso, conta que…

  • Opinião

    Até onde nos leva o extremismo?

    Com a conjuntura política, económica e social cada vez mais incendiada, os polos sociais estão cada vez mais intensos. Há quem diga que “o extremismo não leva a lado algum”. Que agora, nesta aldeia global – e digital – que vivemos, é algo que lemos com mais frequência. Mas será que é mesmo assim? Antes de mais, responder a esta questão implica que se escrutine o termo. De acordo com o dicionário da Língua Portuguesa, por extremismo entende-se a “adoção de teorias político-sociais extremas”, o que por si só implica que é uma crença, uma comunicação, um comportamento, uma expressão essencialmente política, com o objetivo de intervir para mudanças na…

  • Moda e Lifestyle

    Ativismo digital português

    Numa época de quebra das normas, da preocupação com os direitos humanos e com a liberdade dos indivíduos, vemos cada vez mais novos influencers que se apresentam como ativistas nas redes sociais (com saliência para o Instagram e para o YouTube).  Esta nova forma de ativismo tem revolucionado o poder da voz do povo, uma vez que permite a estas pessoas que cheguem muito mais longe do que apenas à sua comunidade; chegarem a um país e, por vezes, muito mais além.  Os seguintes tópicos foram selecionados com base nos assuntos mais salientes de abordagem em Portugal nos últimos tempos. Com o Instagram, estes ativistas desenvolvem o seu trabalho, passando…

  • Opinião

    Culpemos a arte

    Sou uma pessoa de diálogos. Gosto de me perder em conversas, de sentir a necessidade de refletir sobre o que queria falar antes de todas as voltas e de todos os  assuntos que trouxe. Sentir que a pessoa me ouviu a divagar pelas ondas do pensamento até me aperceber de que já nem sabia do que estava a falar antes de me perder…  Porque a verdade é que estava tão absorvida em querer partilhar visões que o que comecei a contar já não era importante. Provavelmente, a outra pessoa só não me interrompeu porque estava à espera do momento em que eu voltava ao cerne da questão. Ou talvez já…

  • Literatura

    E se a morte tivesse hora marcada? Em “Os Imortalistas”, Chloe Benjamin dá-nos a resposta

    No livro do bookclub deste mês nem precisamos de ler a contracapa para sabermos que precisamos de ler. Em “Os Imortalistas”, Chloe Benjamin agarra-nos pela garganta, qual plot twist inesperado e provoca-nos com uma ferroada de curiosidade à qual ninguém consegue resistir. Aquilo que sabemos no início deste jogo é simples: quatro irmãos (os Gold) aborrecidos num verão quente de 1969, que tem lugar no Lower East Side, de Nova Iorque, não conseguem resistir à tentação de visitar uma mulher que prevê a data da morte das pessoas.  Antes de partirmos para mais, preciso de deixar aqui esclarecido que este livro mexe com a curiosidade mais sombria de todos nós.…

  • Moda e Lifestyle

    O esforço para a Perfeição nas Redes Sociais

    O “perfeito” é o que mostra as redes sociais. O esforço que milhares de pessoas fazem para publicar a melhor fotografia delas, nos melhores outfits, os melhores ângulos, a melhor pose nos melhores sítios remete para o quão falsas são as redes sociais.  Em pleno 2021, na situação em que nos encontramos e com a utilização excessiva dos instrumentos eletrónicos, o foco são as redes sociais. Fotografias, vídeos, Reels e Posts. Milhares destes conteúdos são publicados diariamente e passam pelos nossos olhos em múltiplas plataformas. Os likes que damos definem a nossa definição de perfeição e beleza, mas também nos levam para uma comparação interna face às pessoas do outro…

  • Opinião

    Solidão na Era Digital: A desconexão é possível

    Se, por um lado, a Internet e as redes sociais permitiram uma aproximação entre as pessoas, por outro lado, também vieram prejudicar a espontaneidade das relações. A verdade é que cada vez mais somos dependentes da tecnologia. Parece que de repente tornou-se estranho conviver com as pessoas sem ser através desses meios tecnológicos. Muitas vezes, as pessoas estão juntas e não conseguem aproveitar o momento, pois estão mais interessadas naquilo que se passa nas redes sociais. O interesse por saber a que se deve a nova notificação parece ter mais peso do que ter uma conversa cara a cara sobre coisas que realmente importam. Estar presente em corpo e ausente…

  • Atualidade,  Informação

    Grupo de extremistas islâmicos ataca a cidade de Palma, em Moçambique

    No dia 24 de março, a cidade de Palma, no nordeste de Moçambique, foi atacada por Al-Shabaab, um grupo jihadista islâmico. Até agora, a crise humanitária originou quase 700 mil deslocados e mais de duas mil mortes. Há cerca de uma semana, no dia 24 de março, Palma foi cercada por um grupo de extremistas islâmicos. O objetivo passava por assumir o controlo da cidade que se encontra a apenas dez quilómetros do centro nevrálgico do megaprojeto de gás natural que representa um dos maiores investimentos de África, liderado, atualmente, pelo grupo francês de energia Total. Com a invasão, vários moradores e cerca de 200 trabalhadores da planta de exploração…

  • Música

    Tate McRae: Do seu quarto no Canadá para o mundo

    Com uma música gravada com o seu iPhone, colocado na parte da frente do carro da mãe, Tate McRae grava o seu primeiro videoclipe, cantando debaixo da Torre de Calgary. O single “You Broke Me First” tornou-se rapidamente num sucesso mundial e a artista que existia apenas no quarto da sua casa no Canadá passou a existir em todo o mundo. Tate McRae começou o seu percurso em 2016, quando se tornou na primeira finalista canadense do programa de talentos americano “So you think you can dance: The next generation”. A sua mãe foi bailarina durante toda a vida e desde os seis anos que a artista começou a dançar.…

  • Literatura

    Os melhores podcasts sobre Literatura

    Errata: este artigo não mencionará nenhum podcast. Estamos a assistir a uma indomável revolução na informação que já se repercute no ensino. Fazem parte dessa revolução os formatos audiovisuais que açambarcam com pujança o mercado e o tempo de todos. E, de entre eles, os podcasts adquiriram um lugar privilegiado. São divertidos, intuitivos, leves e educativos. Quer dizer, educativos nem sempre. O formato é tão plural que abarca tanto pessoas que nada têm a dizer sobre nada, como pessoas que procuram transmitir o seu conhecimento sobre alguma matéria. Nessa ótica, os podcasts são educativos quando não entendemos nada do assunto em questão; é justo reconhecer. No entanto, não serão os…