• 7ª Arte

    “A Grande Escavação”: a prova de que a verdade prevalece

    Um filme sobre um marco histórico apaixonante, totalmente desprovido de paixão. A Grande Escavação está disponível na Netflix e foca uma descoberta verídica, enquanto, por si só, representa um marco histórico. Enquanto a Segunda Guerra Mundial representa um cenário cada vez mais próximo, uma viúva, Edith Pretty (Carey Mulligan), rica e de boas famílias recorre a um humilde escavador, Basil Brown (Ralph Fiennes), para investigar um palpite que há anos lhe tira o sono. A premissa é simples: A Mrs. Pretty quer saber o que esconde uma determinada elevação na sua propriedade, sendo essa mesma curiosidade o que a motivou a adquirir os terrenos. Recorre a Basil Brown para concretizar a tarefa…

  • Opinião

    Aceitar as desigualdades e respeitar as diferenças

    Certas expressões exercem um apelo mais intenso à nossa reflexão: “exclusão social” é uma delas. A palavra “excluir” carrega consigo uma conotação negativa, uma vez que a associamos a injustiças, desigualdades, discriminações, a palavras que sensibilizam a nossa mente. E, a meu ver, devem continuar a impactar e a inquietar os seres humanos, pois estas palavras não são só meros conjuntos de letras, mas também problemáticas sociais que se fazem sentir por todo o mundo.  A exclusão social impulsiona um círculo vicioso de ruturas, de quebra de relações sociais, de privações, de sofrimentos. A pessoa excluída socialmente, embora formalmente seja cidadã, não tem as possibilidades de aceder aos seus direitos…

  • Opinião

    As notícias sobre a morte da crítica são manifestamente apropriadas

    Em novembro do ano passado, Jaime Lourenço, doutorado em Ciências da Comunicação no ISCTE com uma obra publicada sobre jornalismo cultural, ex-aluno da ESCS, foi o convidado para uma sessão no âmbito de uma cadeira que frequentava. Com foco particular no cinema, a palestra acabou por se encaminhar no sentido de um debate sobre a indústria cultural na sua relação com a imprensa. Uma vez que me encontrava perante um estudioso e especialista no assunto, questionei o orador acerca do estado da crítica de cinema na imprensa portuguesa. Fui mais longe. Como consumidor de crítica de arte nas plataformas ao dispor dos fãs, questionei se a superficialidade e parca qualidade…

  • Desporto

    THE MIZ É O NOVO CAMPEÃO DA WWE

    A WWE transmitiu este domingo mais um pay-per-view, o segundo do ano – o Elimination Chamber. Neste caminho para a WrestleMania, que realizar-se-á em abril, o evento decorreu no ThunderDome, em São Petersburgo, Flórida. O evento principal (main card) foi constituído por 6 combates, dos quais 2 envolveram a estipulação de elimination chamber – um pelo título principal do Raw, o outro por uma oportunidade ao título principal do SmackDown nessa mesma noite. Antecedendo o evento principal, foi anunciado que no kickoff iria haver um combate com 4 lutadores (fatal 4-way match) entre John Morrison, Ricochet, Elias e Mustafa Ali. O objetivo seria encontrar o substituto de Keith Lee para…

  • Opinião

    O Efeito Colateral da COVID-19: O Abandono da Cultura

    Quando o cidadão é sujeito a restrições pandémicas que prejudicam a sua saúde mental, é crucial reafirmar a importância da Cultura no seu desenvolvimento. A Cultura é o elemento essencial na construção da identidade individual e coletiva e permite a afirmação de elementos de distinção, ou seja, de características que diferem uma comunidade da outra. Os costumes, os hábitos, os valores e o gosto musical e gastronómico são exemplos associados à raiz cultural de uma sociedade. Um indivíduo que não segue as suas raízes perde-se no meio da multidão, porque se distancia do seu sentido de vida. A construção de uma cultura está repleta de símbolos e de significados que…

  • 7ª Arte

    “Malcolm&Marie”: a toxicidade de um amor a preto e branco

    Malcolm & Marie, da autoria de Sam Levinson – o criador da série da HBO Euphoria – , estreou no passado dia 5 de fevereiro, na Netflix. O filme começa com um jovem casal a regressar a casa, depois da estreia do primeiro grande sucesso do cineasta Malcolm Elliot (interpretado pelo ator John David Washington). É imediatamente percetível que a sua namorada, Marie (interpretada pela atriz Zendaya), não se encontra no mesmo espírito de celebração, mantendo-se distante e pouco faladora. Eventualmente, Marie revela que o motivo para a sua frieza é o facto de Malcolm não lhe ter agradecido durante o seu discurso, especialmente porque o filme foi baseado na…

  • Capital

    Eventos de que podes desfrutar no conforto do sofá

    Com um novo Estado de Emergência em vigor, a ordem é para ficar em casa e, por isso, muitos eventos foram cancelados ou adiados sem nova data prevista para acontecer. Apesar disso, existem ainda muitos eventos que se adaptaram e outros que surgiram nesta nova situação e, por isso, hoje trago-vos quatro exemplos de eventos a que podem assistir sem sair do sofá.  #1 Visitas Virtuais ao Oceanário de Lisboa O Oceanário, localizado no Parque das Nações, tem de estar encerrado, mas nem por isso se torna impossível acompanhar a vida dos animais que habitam neste espaço, como as lontras. As visitas online e em direto do Oceanário de Lisboa…

  • Música

    Oreo X Lady Gaga: o mundo Chromatica em tua casa

    Após uma longa espera, as oreos patrocinadas por Lady Gaga chegam finalmente a Portugal. Traz um novo packaging totalmente temático cor de rosa para nos sentirmos 100% em Chromatica As bolachas continuam com os mesmos sabores e design, ao contrário do que era esperado. Os Little Monsters americanos foram os primeiros a recebê-las e não foi só o packaging que foi alterado, porque o design e o sabor das bolachas também. O sabor faz lembrar um bolo de aniversário, o chocolate é cor-de-laranja e o recheio é verde. Existem quatro designs diferentes: a capa do álbum Chromatica, apenas o nome do álbum, o coração do videoclip de Stupid Love e…

  • Media

    A emancipação das mulheres negras em Madam C. J. Walker: Uma Vida Empreendedora

    Madam C. J. Walker: Uma vida empreendedora é uma série inspirada numa história verídica. Madam C. J. Walker foi a primeira milionária americana por mérito próprio, devido à comercialização de produtos capilares para mulheres negras. Apesar do sucesso que alcançou, Walker tem origens humildes. Nasceu numa plantação de algodão, filha de pais escravos, no Louisiana, Estados Unidos da América. O seu sonho sempre foi ter um cabelo bonito e cuidado, mas este foi empurrado para debaixo do tapete, devido às dificuldades sociais de que era alvo. Mesmo após a abolição da escravatura naquele país, o medo era um sentimento presente. C. J. Walker era vítima de um casamento infeliz, marcado…

  • 7ª Arte

    Emma, e ponto final

    Mais uma adaptação de Jane Austen, autora de “Orgulho e Preconceito”, “Razão e Sensibilidade” e “Emma.” – como o próprio ponto final no título indica – é um romance de época (period piece) que se propõe a mostrar e satirizar a vida na zona rural inglesa, durante o século XIX. Contudo, em pouco esta obra da diretora estreante Autumn de Wilde se assemelha às adaptações anteriores dos livros da escritora inglesa. A personagem principal, interpretada pela talentosa Anya Taylor Joy, – que tem sido muito aclamada pelo seu trabalho em “Gambito de Dama” – Emma Woodhouse, é descrita logo no início do filme como sendo rica, inteligente e bonita. A…