Editorias,  Opinião

Quem tem um cão… tem tudo


Quem-tem-um-cão-Sofia-Costa-Lima-Opinião

À data de publicação deste artigo, cá por casa estamos a celebrar o 14º aniversário da minha cadela. É verdade, a minha “menina” já tem 14 anos! Crescemos juntas e ela é um dos membros mais importantes da minha família. Quem tem animais de estimação irá, certamente, compreender-me.

A Dama — cujo nome foi, muito originalmente, roubado à Dama do filme da Disney, A Dama e o Vagabundo, — nasceu cá em casa. Quando era bebé tinha como passatempo entrar sorrateiramente no meu quarto, pegar num qualquer chinelo e sair a correr. Quando eu a apanhava ela estava a roer o chinelo. Às vezes ela largava-o quando via que eu a tinha descoberto, outras vezes agarrava no chinelo e levava-o para outro lugar. Agora, já não é assim. Mas continua a receber-me com uma espécie de dança e ri-se — sim, eu tenho uma cadela que se ri e é a coisa mais hilariante de sempre!

Quem tem um cão sabe que tem sempre alguém à espera. Ter um cão é ter alguém a observar-nos enquanto cantamos e dançamos pela casa… mas sem tecer comentários; é ter companhia para passear; é ter uma desculpa para falar sozinho; é ter com quem chorar sem ter de explicar porquê; é saber que há sempre muito amor para dar e receber.

Embora não vos tenha convidado para a festa, quis partilhar esta data. É que a minha menina faz anos e não há nada mais importante no calendário social.

A Sofia escreve com o Antigo Acordo Ortográfico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *