Moda e Lifestyle

Aprende a domar os teus caracóis

A moda dos cabelos mega lisos está a ficar para trás e, hoje, os cabelos naturais estão a ser cada vez mais valorizados. Venho aqui falar-te um pouco da minha experiência pessoal durante o processo de aceitação do meu cabelo selvagem e encaracolado – ou ondulado, é aquilo que lhe apetece – e, claro que não podia faltar, trago-te dicas para aprenderes a domar os teus caracóis e a amá-los!

Ora, quando tinha os meus 12 ou 13 anos, aquela altura em que começamos a ser mais vaidosos, comecei a olhar para o meu cabelo e ficava tudo menos satisfeita com o que via. Tinha um cabelo muito volumoso e queria que ele fosse liso e o resultado não era aquele que eu desejava. Mal sabia eu que tinha uma preciosidade na cabeça! Com o passar do tempo percebi que tinha um cabelo lindo e fortíssimo e simplesmente não sabia lidar com ele.

O meu cabelo aos 15 anos
Fonte: Cedida por Mariana Madeira

Por volta dos meus 15 anos comecei a gostar mais do meu cabelo, mas foi em março do ano passado, durante o primeiro confinamento, que eu comecei realmente a olhar com amor para o meu cabelo. Um cabelo cheio e com um volume extraordinário que aprendi a controlar, com formas lindas e uma cor de que eu gosto: afinal, qual é o motivo para eu odiar tanto o meu cabelo? Comecei a pesquisar sobre o meu tipo de cabelo e a falar com pessoas que me pudessem ajudar e rapidamente coloquei mãos à obra. Era a altura certa para investir em mim! 

Para valorizar estes fios fantásticos que tenho, tive de começar a ter mais cuidados e, principalmente, paciência. Finalmente, partilho agora contigo aquilo que aprendi e os truques que tenho para cuidar dos meus caracóis – ou ondas quase encaracoladas, é o que quiseres. Atenção! Aquilo que serviu e serve para mim pode não ser exatamente aquilo que funciona contigo, mas sempre podes adaptar. Mas vá, vamos partir para aquilo que te interessa.

Descobre o teu tipo de cabelo

Fonte: Desventuras de uma cacheada

Saber qual é o teu tipo de cabelo é fundamental para ajustar os tratamentos, descobrir os melhores produtos e as técnicas mais adaptadas para ti. Os caracóis são divididos em três categorias – 2, 3 e 4 – e em subcategorias – A, B e C. Esta é apenas uma forma de te guiares, por isso, não aches estranho se o teu cabelo for uma mistura de formatos! 

Não tenhas medo da tesoura: Corta o cabelo!

Fonte: wikiHow 

A primeira coisa que deves fazer se queres ter uns caracóis mais bonitos e definidos é cortar o cabelo regularmente! Todos sabemos que as pontas dos nossos cabelos começam a ficar espigadas e isso não é esteticamente bonito e, principalmente, não é saudável. Se tiveres coragem e gostares do cabelo curto, arrisca e faz um grande corte: vais ficar com o cabelo lindo e com os caracóis mega definidos, confia em mim.

Penteia-te quando tiveres o cabelo molhado

Fonte: Beaubit

Este é um dos truques que me salvou a vida. É algo extremamente simples e eu aposto que até sabes isto, mas tenho de reforçar a ideia. Já deves ter percebido que pentear os cabelos quando já estão secos faz com que a definição que tinhas desapareça e o volume aumente de forma exagerada, mas também não podes deixar que se crie um ninho de ratos nesse teu cabelo. A solução para isto é penteares sempre o cabelo logo a seguir ao banho, usando um pente com dentes largos. Eu tenho o hábito de pentear o cabelo durante o banho enquanto utilizo o amaciador ou a máscara e volto a pentear depois de terminar o meu duche: não sei se é apenas mania minha, mas sinto que, assim, o cabelo não embaraça tanto e fica mais sedoso! Não te esqueças do pormenor do pente com dentes largos, porque faz toda a diferença.

Não laves o cabelo todos os dias

Fonte: mindbodygreen

Este tipo de cabelo é naturalmente mais seco, por isso, deves tentar evitar ao máximo lavá-lo todos os dias, já que este hábito pode deixá-lo ainda mais ressecado. Assim, sempre que conseguires, deves intercalar os dias de lavagem do cabelo: dia sim, dia não. Durante o inverno ou em dias com menos calor podes tentar ficar mais algum tempo sem lavar o cabelo e podes apostar em penteados diferentes para arrasares! Um cabelo versátil como o teu também serve para arriscar.

Atenção na hora de secar

Fonte: Oprah Magazine

A secagem é uma altura crucial! Não seques o cabelo com uma tolha comum: aumenta o frizz e destrói a forma dos caracóis. Recorrer a uma toalha de microfibra ou até mesmo a uma simples camisola de algodão para remover o excesso de água é o melhor. Além disso, eu gosto de deixar o meu cabelo secar ao natural! Se não tiveres hipótese disso ou se não gostares do resultado final, opta sempre por usar um difusor de calor.

Vence a preguiça e faz mega hidratações

Como disse anteriormente, os cabelos encaracolados têm mais tendência a serem secos, então, é mesmo fundamental fazeres hidratações regulares para manteres o aspeto saudável. Deves hidratar os teus caracóis todas as semanas ou de 15 em 15 dias, se fores preguiçosa como eu às vezes sou!

Antes de utilizares a máscara tens de lavar o cabelo sem recorrer a água muito quente. Depois de finalizada a lavagem, tiras o excesso de água e partes para aquilo que interessa: a hidratação em si. Aplicas a máscara e deixas atuar por cerca de 20 minutos. Depois retiras totalmente todo o produto com água morna e está feito! A escolha da máscara é algo pessoal e só tu podes perceber aquilo de que o teu cabelo precisa. Consegues encontrar bons produtos num simples supermercado!

Uma boa finalização é o truque!

Fonte: TodeCacho

Existem vários tipos de finalização diferentes. A mais conhecida e tradicional é a fitagem. A fitagem é uma técnica que define os caracóis e só precisas dos teus dedinhos e de um simples creme de pentear. Para teres um bom resultado, tens de separar o cabelo em várias mechas, passar o creme de pentear e amachucá-las com as mãos em direção à raiz do cabelo. Outra técnica que eu adoro fazer, mas que dá um trabalho dos diabos, é a técnica do dedoliss. O dedoliss consiste em separares o cabelo mecha a mecha, aplicares o produto que estás a utilizar e ires enrolando cada uma dessas mechas com o dedo indicador desde a raiz até a pontinha, fazendo, assim, a forma do caracol. Isto vai deixar o teu cabelo l-i-n-d-o, mas precisas de tempo e de muita paciência. Não uses demasiado creme de pentear, porque, assim, o teu cabelo vai ficar como palha – eu sei daquilo que falo, logo não repitas os meus erros!

Usa protetor de calor!

Sempre que vás secar o cabelo, tens de usar protetor de calor, mesmo que seja uma coisa rápida! Isto também vale para quando quiseres usar a prancha e esticar o cabelo, claro! Para além de proteger o teu cabelo, ainda ajuda a prolongar o efeito da prancha e deixa o cabelo mais esticadinho.

E fica por aqui o meu testemunho e os meus conselhos para ti! Nunca te esqueças de te amares e valorizares. Não importa se tens cabelo liso, ondulado, encaracolado ou crespo: todos esses tipos de cabelos são bonitos e únicos.

Artigo revisto por Ana Janeiro

Fonte da foto de capa:NaturallyCurly

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *