Atentado terrorista em Paris faz um morto

Jovem de 21 anos esfaqueou cinco pessoas no passado sábado. O Estado Islâmico reivindicou o ataque.

Dois feridos ligeiros e dois feridos graves são os sobreviventes e estão fora de perigo. O autoproclamado Estado Islâmico já reivindicou o ataque, chamando o jovem de “soldado”. Testemunhas no local afirmam que o atacante gritou “Alá é grande” enquanto esfaqueava as vítimas.

Resultado de imagem para opera garnier atentado
A polícia francesa no local do crime / Fonte: O Globo

O ataque ocorreu perto da Ópera Garnier, perto da movimentada rua de St. Augustine. O autor do atentado foi abatido pela polícia pouco depois. O jovem era natural da Tchetchénia (Rússia) e possuía nacionalidade francesa. Não tinha antecedentes criminais, mas estava sinalizado nos ficheiros dos serviços secretos e era indicado como uma ameaça. Os pais do jovem já foram detidos e serão interrogados.

Resultado de imagem para atentado opera garnier
Investigadores na rua St. Augustine / Fonte: Deutsche Welle

O ministro do Interior francês, Gérard Collomb, já se pronunciou sobre este acontecimento no Twitter. Elogiou a resposta das forças de segurança e afirmou que os seus “primeiros pensamentos estão com as vítimas deste ato hediondo”.

Os atentados terroristas em França já causaram 245 mortos.

Artigos recentes

Um adeus a Luis Sepúlveda

Um mês depois da sua morte devido à covid-19, Luis é ainda relembrado – com uma história de vida incrível, certamente memorável para muitos. Escritor,

Ler mais »

Problemas maiores, Carlos?

Claro que eu não discordo totalmente do ponto fulcral. Há problemas maiores. Haver pessoas a morrer é pior do que eu não ter conseguido celebrar

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *