Lifestyle

Bárbara Koehler: o yoga como filosofia de vida

Com a rotina acelerada a que estamos habituados, por vezes é preciso fazer uma pausa. O yoga é uma prática ancestral com inúmeros benefícios, quer para a saúde física, quer para o bem-estar mental. Além de diminuir consideravelmente o stress e a ansiedade, a prática regular é capaz de melhorar a resistência e fortalecer os músculos, bem como melhorar o sono e aliviar dores corporais.

Bárbara Koehler Osorio, atual professora de yoga. Fonte: Urlebird

Bárbara Koehler, criadora de conteúdos digitais, é licenciada em economia e, desde fevereiro de 2022, professora de yoga certificada. Numa conversa animada e descontraída, conta como é a sua relação com esta prática, que sempre esteve muito presente na sua vida.

Quando era mais nova, via a mãe a fazer yoga e até chegou a experimentar algumas aulas: “Ia a uma aula ou outra, mas coisas muito dispersas”. Refere que gostou dessas primeiras aulas, mas que não foi logo uma paixão: “Foi uma coisa que foi crescendo e que foi aumentando”. Em 2020, na primeira quarentena, a prática deste desporto começou a ser mais regular. Numa primeira abordagem, Bárbara restabeleceu o contacto com o yoga através de vídeos no Youtube. “A partir daí começou a entrar na minha rotina”, refere a criadora de conteúdos digitais. Desde aulas presenciais com mais estímulos, como é o caso do Hot Yoga, a outras mais calmas, nunca mais deixou de ter contacto com este estilo de vida.

Aula de Hot Yoga de Lisboa.
Fonte: Lisboa Secreta

Para Koehler, o yoga é muito mais do que um desporto, é uma filosofia de vida: “É muito mais do que o que vemos na primeira aula”. Psicologicamente, além de nos conseguir acalmar, esta prática consegue “eliminar uma série de barreiras mentais”. “Já me aconteceu várias vezes estar a praticar uma postura e achar que nunca vou chegar lá (…) e depois acontece porque acreditas que és capaz e percebes que o teu corpo é capaz de muito mais do que aquilo que achas”, conta Koehler.

Criar resiliência e confiança em nós mesmos são, para a recente professora, mais alguns benefícios que o yoga leva a quem o pratica regularmente. Fisicamente, há uma melhor “capacidade de entender o corpo”. Dependendo da posição, pode aliviar muitas dores, desde simples cólicas a dores na coluna e na lombar. No fundo, “é uma prática que tenta trazer benefícios sem forçar (o corpo)”, isto porque nenhuma posição deve ser dolorosa.

Bárbara Koehler dá ainda algumas dicas para quem quer incluir o yoga na sua rotina. Recomenda a escolha de uma altura do dia em que sintamos que temos tempo, por exemplo, no final de um dia de trabalho ou aos fins de semana na parte da manhã. O importante é ser uma altura em que “não venha nenhuma preocupação a seguir”. Quanto ao tempo, cada um deve perceber aquilo que é melhor para si e ir aumentando gradualmente. Numa fase inicial, 30 minutos deve ser o ideal, mas com a experiência e com o passar do tempo será cada vez mais fácil prolongar a sessão. Como refere Koehler: “Quanto mais gostas, menos te parece”.

O equilíbrio é a chave para um estilo de vida mais saudável! Fonte: Instagram da Bárbara

A consistência é a chave quando se está no início: “É quase impossível perceber a essência (do yoga) em uma aula ou duas”. Só com uma prática regular é que é possível ter consciência dos seus benefícios, por isso é importante não desistir logo à primeira. Há inúmeros estilos diferentes e maneiras distintas de dar as aulas. É mesmo ir experimentando e vendo aquilo de que se gosta mais.

Além da prática de yoga, a professora dá mais algumas dicas para viver uma vida mais equilibrada. Algo que ajuda muito a manter a mente sã é “ter tempo de reflexão e de pensamento”. Ler ou escrever são duas opções para nos conectarmos connosco mesmos, mas qualquer atividade longe dos ecrãs é válida. “Passar bastante tempo em contacto com a Natureza” é outra sugestão, pois permite-nos “voltar à nossa essência” e sair da rotina. Fazer exercício físico é também muito importante, mais no sentido de “libertar tensões”, conjugado com uma alimentação equilibrada. Por fim, educarmo-nos é essencial, quer seja “ouvindo pessoas que sabem”, quer através da leitura. O que importa é a busca pelo conhecimento.

Bárbara Koehler sonha um dia conseguir tornar o yoga o seu trabalho a full time através das aulas, que já dá, presencialmente no Porto e online, mas talvez um dia também através de aconselhamentos e de workshops. O seu trabalho e todas as suas redes sociais podem ser consultados através do site All About Yoga By Baba Koehler (https://www.allaboutyoga.studio/).

Fonte da capa: Vogue Globo

Artigo revisto por Carolina Rodrigues

AUTORIA

+ artigos

Mariana Louro sempre foi apaixonada por palavras, o que a levou a escolher o curso de Jornalismo. A escrita e a leitura estão presentes na sua vida, nomeadamente no seu bookstragram (@books.mariana). Na ESCS Magazine já escreveu de tudo um pouco: artigos sobre Moda e Lifestyle, Literatura e cobertura de eventos. Atualmente é Editora Executiva.