Atualidade

Lisboa ganha mais duas estações de metro até 2021

A linha amarela do Metropolitano de Lisboa vai aumentar: Santos e Estrela são as duas estações que devem abrir em 2021.

O Governo aprovou a ampliação da linha amarela do Metro de Lisboa. Até 2021 a capital deverá ver a sua linha aumentar com a construção das estações da Estrela e de Santos, como confirmou o Ministro do Ambiente, João Matos Fernandes. A necessidade do aumento da linha deve-se, sobretudo, aos elevados problemas de mobilidade que existem neste momento na capital portuguesa. Com esta obra será possível criar uma ligação mais direta entre a zona ribeirinha e o centro da cidade.

Assim, a linha prolongar-se-á desde o Rato (estação terminal da Linha Amarela) até ao Cais do Sodré, com a construção da estação da Estrela e de Santos.

A primeira deverá ser construída no cimo da Calçada da Estrela, em frente ao antigo Hospital Militar; a segunda deverá situar-se entre o Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) e a Avenida D. Carlos I.

Matos Fernandes explica que foi dada prioridade à construção de novas estações na linha amarela após uma avaliação da extensão da linha vermelha até Alcântara.

A obra deverá arrancar em 2018, com a construção de 1900 m de linha, e terá um custo de cerca de 215 milhões de euros.

A expansão do Metropolitano do Porto está ainda em discussão.

2016 ficou marcado pela inauguração da estação de metro da Reboleira, estação terminal da linha azul, que se estende até Santa Apolónia, num total de 18 quilómetros. A inauguração da estação foi adiada por duas vezes (2010 e 2015), tendo sido inaugurada em abril pelo Primeiro-Ministro, António Costa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *