Meses Temáticos – novembro 2016

A rubrica “Meses Temáticos” chegou para dar um novo dinamismo à secção de literatura. Todos os meses haverá um novo tema sobre o qual os redatores terão de escrever um parágrafo. Esse tema será sempre relacionado com a literatura e trará a opinião de cada um de nós para dar a conhecer, a quem nos lê, um pouco mais sobre as nossas escolhas. O tema do mês de novembro é “O meu livro preferido de infância” e se querem saber se o vosso livro preferido combina com os nossos basta continuarem a ler.

A Lenda de Desperaux – Madalena Rodrigues

O livro que marcou a minha infância toma como personagem principal um curioso e bastante corajoso ratinho com umas orelhas gigantes. Diferente dos outros ratos, Desperaux sonhava em ser cavaleiro e salvar uma princesa como acontecia nos livros que devorava. O livro mostra diferentes histórias de personagens distintas que acabam por se cruzar no caminho umas das outras; mostra como os mais pequenos são, por vezes, os mais corajosos; como por vezes uma vida iluminada pode ser assombrada pelo destino cruel; e mostra ainda a tristeza de um rei que outrora tivera uma rainha a seu lado. Esta foi realmente uma história que me marcou, apaixonou e aqueceu a alma.

Maria Moreira Rato – Arrepios

Não posso escolher somente um livro, mas sim afirmar com toda a convicção que a série “Arrepios” de Robert Lawrence Stine me cativava de um modo inexplicável. As casas aterrorizadoras, as personagens desconcertantes, os pormenores sórdidos… Se hoje adoro uma boa dose de terror e suspense em forma de páginas, devo-o a estes livros maravilhosos!

Duarte Pagou – Harry Potter

Quem não leu a saga do “rapaz que sobreviveu”, sobreviveu aos anos 2000 mas não os viveu. Podia acabar aqui a minha breve explicação, mas a verdade é que Harry Potter e o seu mundo de magia e feitiçaria, a par com a Terra-Média de Tolkien, é dos fandoms e dos imaginários que mais impacto tiveram na sociedade e mais a influenciaram. Não há mais nenhum universo que seja tão comummente aceite e acarinhado ou que tenha tido mais sucesso como o d’O Escolhido. Mas isto digo-o agora. Há 11 anos, quando comecei a ler os livros, de certeza não diria nada disto. Mas senti-lo- ia sem qualquer dúvida. We are the Harry Potter generation.

Madalena Costa – Uma Aventura

Os livros de “Uma Aventura” sempre me encantaram por terem sempre mistério e descoberta. Foi esta coleção que fez com que me apaixonasse por literatura e com que conseguisse aperfeiçoar a minha leitura. Uma coletânea em que todos os livros mostravam como resolver um mistério e como conseguir superar toda e qualquer dificuldade. Fizeram com que eu percebesse, através da leitura, que estes livros ficcionais tinham uma grande componente que eu conseguia transpor e imaginar na realidade.

Artigos recentes

Um adeus a Luis Sepúlveda

Um mês depois da sua morte devido à covid-19, Luis é ainda relembrado – com uma história de vida incrível, certamente memorável para muitos. Escritor,

Ler mais »

Problemas maiores, Carlos?

Claro que eu não discordo totalmente do ponto fulcral. Há problemas maiores. Haver pessoas a morrer é pior do que eu não ter conseguido celebrar

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *