Atualidade

Portugal é dos países da União Europeia com maior taxa de abandono escolar

14% dos jovens portugueses deixou precocemente a escola o ano passado. Portugal ficou em quarto lugar na lista de países com maior taxa de abandono escolar da União Europeia.

Os dados publicados esta quarta-feira são do gabinete oficial de estatísticas da União Europeia, o Eurostat, e revelam que os números de abandono escolar têm vindo a diminuir em Portugal desde 2007.

No entanto, Portugal situa-se no quarto lugar da lista dos estados-membros da UE com maior taxa de abandono escolar (14%), estando acima da média europeia, que corresponde a 10,7%. No topo da lista, Malta (com 19,6%), Espanha (com 19%) e Roménia (com 18,5%) são os países em que existe mais população a deixar a educação precocemente.

Apesar da posição pouco favorável, Portugal tem feito uma evolução positiva: em 2006 a taxa de abandono escolar portuguesa situava-se nos 38,5% (o que significa uma redução da taxa de abandono de 24,5 pontos percentuais), a taxa mais elevada da União Europeia.

Com este resultado, Portugal poderá conseguir cumprir a meta definida para 2020 de atingir uma taxa de abandono escolar inferior a 10%.

Outro indicador do estudo é relativo à percentagem de pessoas entre os 30 e 34 anos que terminaram com sucesso os estudos superiores. Neste âmbito, Portugal, com uma taxa de 34,6%, também ficou abaixo da média europeia (39,1%) em 2016, a mais de cinco pontos do seu objetivo no quadro do “Objetivo Europa 2020”.

Para a elaboração do estudo, considera-se “abandono escolar” quando existe população, entre os 18 e os 24 anos, que não foi além do primeiro ciclo do ensino secundário e que não prosseguiu formação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *