Proteção Civil dá por terminadas as operações em Borba

O presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), Mourato Nunes, deu por terminada a operação de resgate na pedreira de Borba. O corpo da quinta vítima foi retirado este sábado.

A operação de resgate em Borba foi terminada, este sábado, ao fim de 13 dias. Mourato Nunes afirmou, numa conferência de imprensa no quartel dos Bombeiros de Borba, que foi uma operação “complexa e meticulosa”.

“Nunca podemos dizer que está bem encerrada, quando há vítimas nunca é um êxito. Mas face às circunstâncias – já sabíamos que havia vítimas – e àquilo que era possível fazer num espaço temporal o mais curto possível e sem provocar mais vítimas, direi que foi feito tudo aquilo que podia e devia ser feito”, explicou.

Durante a operação, teve-se em conta as descrições dos desaparecidos e o conhecimento na autarquia e na Junta de Freguesia das pessoas desaparecidas da área. O conhecimento das forças de segurança das pessoas desaparecidas na data do desmoronamento da estrada também foi essencial. Assim, o Presidente da ANPC afirma haver uma probabilidade elevada de terem recolhido todos os corpos. Não deu garantias, mas considerou ser “praticamente impossível” haver mais vítimas.

O corpo da quinta vítima foi resgatado este sábado. Trata-se de Fortunato Ruivo, de 85 anos, morador na localidade de Alandroal. A vítima estava dentro de um carro que estava submerso e debaixo de várias pedras.

A Estrada Nacional 255, com 80 a 100 metros, ruiu na tarde de 19 de novembro, segunda feira. O deslizamento de terras que originou o desaparecimento da estrada, fez com que esta atingisse uma pedreira. Vários desaparecimentos tinham sido registados.

 

Corrigido por: Beatriz Pardal

Artigos recentes

The (not so) Good Place

Estás à procura de uma série curta e divertida para fazer binge-watching durante a quarentena? The Good Place pode ser a melhor opção. Esta série

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *