Quatro pessoas degoladas em Barcelos

Quatro pessoas foram esfaqueadas com arma branca até à morte na freguesia de Tamel, São Veríssimo, em Barcelos. O autor de sessenta anos já confessou o crime.

Segundo o comandante da GNR, Adelino Silva, “os homicídios foram com arma branca através de ataque à zona do pescoço das vítimas”. Inicialmente, a GNR tinha encontrado um casal com 84 anos e oitenta anos, respetivamente homem e mulher, e uma mulher de sessenta anos mortos em casa. No entanto, mais tarde, outra vítima fora encontrada na rua: uma mulher de 37 anos, que estava grávida de 7 meses.

Os familiares e amigos das vítimas afirmam que foi o agressor a alertar o crime para a Polícia e acreditam que vingança será a causa deste homicídio. O agressor de sessenta anos já apresenta um historial de queixas por violência doméstica e agressão à sogra, e atualmente estaria a passar por um processo onde seria acusado de agredir a filha.

Segundo o presidente da junta de São Veríssimo, João Abreu, foi este processo que provocou desentendimentos entre as vítimas do crime e o homicida, pois estas recusaram-se a testemunhar a favor deste indivíduo.

Este crime chocou a população de São Sebastião, que se encontrava desde a manhã de sexta-feira concentrada, segundo o Expresso, “nas imediações da Travessa de São Sebastião”, na qual, consequentemente, a GNR criou um perímetro de segurança. Ainda no local encontravam-se uma viatura de emergência médica de Barcelos, os Bombeiros de Barcelos e uma unidade móvel de intervenção psicológica de emergência, com o objetivo de prestar apoio aos habitantes da freguesia.

A partir de hoje a investigação ficará a cargo da Polícia Judiciária (PJ).

Artigos recentes

The (not so) Good Place

Estás à procura de uma série curta e divertida para fazer binge-watching durante a quarentena? The Good Place pode ser a melhor opção. Esta série

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *