• Atualidade

    Afro-Americano condenado injustamente passa mais de metade da vida na prisão

    Homem de 43 anos foi condenado a prisão perpétua, aos 17 anos, por um crime de duplo homicídio que não cometeu. Lamonte McIntyre, um homem de 41 anos condenado por um duplo homicídio de forma injusta, tornou-se livre ao sair esta sexta-feira de uma prisão do Kansas, EUA. Pela primeira vez em 23 anos, e rodeado por pessoas que sempre acreditaram na sua inocência, conseguiu abraçar a sua mãe como um homem livre. Nos primeiros momentos de liberdade, as palavras proferidas foram: “Que bonito tudo isto cá fora”. Lamonte nunca quis referir a injustiça do seu caso, apenas afirmou que estava feliz e sempre acreditou na equipa de advogados que…