• Atualidade,  Informação

    Rússia conclui que a queda do avião no Egipto foi um ato terrorista

    O chefe dos serviços secretos da Rússia anunciou, hoje, que uma bomba explodiu a bordo do aparelho, Airbus A321, que caiu na península do Sinai, no Egito, no dia 31 de outubro. Só agora se confirmou que o avião russo foi alvo de um atentado terrorista. Já havia grandes especulações de que pudesse ter sido, mas até agora as unidades de Moscovo afirmavam ser necessárias mais investigações. Agora, “podemos dizer inequivocamente que foi um ato terrorista”, afirmou Alexander Bortnikov, líder do serviço de segurança FSB. O avião russo despenhou-se pouco depois de ter partido do aeroporto de Sharm al-Sheikh, onde terá sido colocada a bomba. Dois trabalhadores do aeroporto foram…