• Atualidade

    Limpeza dos terrenos florestais: governo adia coimas até junho

    O governo adiou o prazo para aplicação de coimas na limpeza das florestas até junho. O prazo foi alargado em comunicado à imprensa realizado esta quinta-feira pelas nove e meia da manhã por António Costa. Esta quinta-feira o primeiro-ministro, António Costa, aprovou um decreto-lei que consagra o alargamento do prazo para a limpeza das florestas em Portugal. A medida foi tomada pelo governo, que estabeleceu coimas para os proprietários que até 15 de março não fizessem a devida limpeza, coimas que variam entre 280 e 120.000 euros. O alargamento já tinha sido pedido pelo Presidente da República, que manifestou a intenção de que o prazo fosse alargado devido ao mau…