• Música,  Secções

    Tu e eu, Jeff

    De tempo em tempo, temos a sorte de nos cruzarmos com artistas cujas músicas nos tornam em pessoas diferentes. De tempo em tempo, descobrimos canções que nos descrevem melhor do que qualquer livro o possa fazer. De tempo em tempo, ouvimos vozes incomparáveis a qualquer outra, que mexem com cada nervo do nosso corpo. Todas essas sensações apoderaram-se de mim quando descobri Jeff Buckley. Lembro-me bastante bem do dia: estava no meu décimo primeiro ano e enquanto fazia zapping pelos canais da minha televisão, deparei-me com o vídeo da cover “Hallelujah”. A partir daí apaixonei-me pelo tom melancólico e suave de Buckley. Não desperdicei tempo até ouvir a discografia dele…