• Opinião

    A 4 Mãos: O que fica de 2017?

        Marcos Melo (MM): 2017 está a dar as últimas. 2018 esgueira-se, ao virar da esquina. Foram doze meses recheados de acontecimentos — uns mais mediáticos e outros mais discretos. Nestas lides dos media, é um habitué fazer-se a revista do ano. Por razões compreensíveis, todos os órgãos de comunicação social debruçam-se sobre os mesmos assuntos — e, provavelmente, nós fá-lo-emos, também. Neste artigo, proponho respondermos à pergunta: quando pensas em 2017, de que te recordas? Contudo, não somos obrigados a mencionar o óbvio (podemos ou não fazê-lo).  Assim sendo: Maria, sob o teu olhar, o que marcou 2017?   Maria Moreira Rato (MMR): O acontecimento que surge na…

  • Atualidade

    Explosões em Lamego provocam seis mortos e dois desaparecidos

    Uma série de explosões numa fábrica de pirotecnia em Avões, Lamego, provocou a morte de seis pessoas na passada terça-feira, 4 de abril. Outras duas pessoas continuam desaparecidas e os trabalhos de recolha de vestígios biológicos decorrem ainda no local. Dois dias após a tragédia são ainda vários os operacionais no terreno que procuram vestígios das duas pessoas ainda desaparecidas. As explosões na fábrica Egas Sequeira, que vitimaram seis pessoas na passada terça feira, foram sentidas por toda a região e chegaram a provocar um incêndio florestal, controlado posteriormente pelos bombeiros presentes no local. A Brigada de Minas e Explosivos da GNR esteve no local, assim como os psicólogos que…