• Atualidade

    Condutor com haxixe provoca uma morte na CRIL

    Um homem de 43 anos provocou um acidente que causou um morto e dois feridos. O acidente deu-se no Itinerário Complementar 17 (IC17), na CRIL. Duas viaturas que transportavam haxixe, foram intercetadas pela PSP em Monsanto. Dentro destas, foram encontrados “vários quilos de haxixe”, segundo a PSP, sendo esta a causa da fuga. Apesar de não ter havido perseguição, um dos suspeitos entrou em contramão na CRIL, provocando assim um acidente que envolveu quatro automóveis. Segundo o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), o acidente provocou um morto e dois feridos. A vítima mortal tinha 60 anos e encontrava-se sozinha na sua viatura. Os dois feridos foram transportados para hospitais…

  • Atualidade

    Três jovens esfaqueados numa escola secundária em Lisboa

    Três jovens foram esfaqueados junto à escola secundária lisboeta Eça de Queirós. O contexto ainda está por apurar. Três jovens do sexo masculino com 17, 18 e 20 anos foram esfaqueados nas imediações da escola secundária Eça de Queirós na passada terça-feira. Segundo António Borges, pertencente ao Gabinete de Comunicação do INEM, todos sofreram vários “traumatismos” causados por uma arma branca. No entanto, encontram-se “estáveis” no Hospital de São José e no Hospital de D. Estefânia – este último acolheu a única vítima menor de idade. “Recebemos um alerta às 14:56. Terá sido uma agressão com uma arma branca, da qual resultaram três feridos de 17, 18 e 20 anos.…

  • Atualidade,  Informação

    Ex-presidente do INEM em prisão preventiva

    Luís Cunha Ribeiro vai permanecer em prisão preventiva no âmbito da operação “O negativo”. O antigo presidente do INEM recebeu, este sábado, a medida de coação máxima. Cunha Ribeiro foi detido na passada terça feira e é suspeito de corrupção passiva, branqueamento de capitais e recebimento indevido num esquema que envolve a farmacêutica Octapharma, que detém o monopólio no fornecimento de plasma sanguíneo nos hospitais públicos portugueses. A operação de detenção dos vários suspeitos está a ser conduzida pela Unidade de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária (PJ) e pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa (DIAP). “O negativo” O ex-presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa…