• Opinião

    Palavra de GAMER: Neuromarketing – O “Jogo” da Mente

    Quando foram criados os conceitos de marca, mercado e bens, pensava-se que eram as próprias empresas que detinham o poder de controlar o seu próprio sucesso, ou seja, tudo dependeria da qualidade dos bens produzidos e da capacidade de dissimular a opinião dos seus clientes face aos concorrentes. Dentro desta corrente de pensamento, houve um CEO de uma empresa que ficou bastante conhecido pela expressão “o carro é disponível em qualquer cor, contanto que seja preto”, mostrando assim o poder que as empresas pensavam ter nos seus clientes. Contudo, a mentalidade das pessoas foi evoluindo e rapidamente passámos de clientes manipuláveis a consumidores racionais que já não se deixavam manipular…