• Atualidade

    Dia de desespero em Cabul após a morte de mais de 100 pessoas em ataque terrorista

    Este sábado ficou marcado pelo pior ataque terrorista em meses em Cabul, a capital afegã, depois de um bombista-suicida ter causado a morte de mais de 100 pessoas e ter ferido, pelo menos, 235 pessoas. De acordo com o Ministro do Interior afegão, Wais Barmak, no ataque estiveram envolvidos dois veículos pintados de ambulâncias, tendo um deles explodido num ponto de controlo policial. O ataque ocorreu numa das zonas da capital mais protegidas, próxima de embaixadas internacionais e edifícios governamentais. As autoridades já alertaram a população para a eventualidade de mais ataques pelo mesmo grupo. A fação Talibã afegã que assumiu publicamente a autoria do ataque terrorista diz que este…