Moda e Lifestyle,  Secções

20 coisas para fazeres durante a quarentena

1 – Colocar as séries em dia

Durante o semestre torna-se complicado estarmos atualizados com aquilo que se passa nas nossas séries. De vez em quando até levamos com aquele spoiler indesejado. No entanto, mesmo que não estejamos de férias, podemos utilizar, por exemplo, o tempo que poupamos nas deslocações para ver um episódio. Pode ser uma pausa merecida nas tarefas diárias! Se soubermos gerir bem aquilo que temos para fazer, é bastante fácil termos as séries em dia.

2 – Ler aquele livro que andas a adiar

Aposto que tens um livro a apanhar pó na mesa de cabeceira. Todos os dias olhas para ele e pensas “é hoje”, mas falta-te a força de vontade, a disposição. Com a rotina normal, nem toda a gente aprecia ler um livro aos bocadinhos – ou seja, ler umas páginas num dia, outras noutro. Se queres despachar a leitura porque não aguentas ficar sem saber o desfecho, tens agora a tua oportunidade. Há quanto tempo não lês um livro sem ser por obrigação, para um trabalho da faculdade?

3 – Rever os teus filmes preferidos

            É a fórmula perfeita para levantares o teu astral. Todos temos aqueles filmes que ocupam um lugar especial no nosso coração. Quer seja o teu filme de animação preferido desde criança, o favorito da saga de super heróis ou até aquela comédia romântica lamechas, aproveita agora para o rever. Vais sentir-te melhor e não corres o risco de não ser o teu estilo de filme! Se estiveres mais num mood de partir à aventura, dá uma vista de olhos no catálogo da Netflix ou no guia de programação da TV e assiste a algo novo.

4 – Mudar a disposição do teu quarto

            Há quanto tempo tens os móveis no mesmo sítio? Não precisas de fazer uma remodelação total nem de pintar paredes. Às vezes basta mudares a tua cama de sítio, ou a tua secretária, para dar um ar mais recente ao teu cantinho. Podes jogar com a decoração e aproveitar para reorganizar aquelas gavetas que são uma dor de cabeça. Pelo caminho, limpas o pó – tarefa que a tua mãe já anda há algum tempo a pedir-te para realizares, mas para a qual arranjas sempre uma desculpa!

5 – Ir buscar os álbuns de fotografia

Fonte: fotosport.pt

Esta dica pode fazer os teus pais muito felizes! Num período em que temos de estar fechados em casa há mais que tempo para reorganizar as fotografias e para as rever. Pode ser que encontres algumas pérolas da puberdade, ou aquelas imagens de quando eras um bebé fofo e inocente. Consegues também ver alguns membros da tua família e talvez até animais de estimação. É uma viagem pela terra das memórias que funciona como lembrete dos bons velhos tempos.

6 – Fazer videochamada com os teus familiares

            Se estás a viver com os teus pais, porque não fazeres uma videochamada com os teus avós? De certeza que as saudades já são muitas e, ainda que não se compare, sempre dá para espalhar um bocadinho de amor. E quem diz avós diz também tios e primos. Liga para aqueles teus tios com os quais não falas desde o Natal, ou para os primos da terrinha que apenas vês em ocasiões especiais. Durante uns minutos, é a chave para levantar o moral de alguns núcleos familiares.

7 – Ajudar a tua mãe a limpar a casa

            Se calhar alguns de vós já tiveram de andar com o aspirador atrás, pois, assim que a mãe se apercebeu do cenário, não perdeu tempo. As limpezas de primavera começaram mais cedo! Se não foi o caso, podes desafiar a tua mãe e até o teu pai e irmãos a colocarem mãos à obra e meterem a casa num brinquinho. Com o corrupio do dia a dia, este tipo de tarefas pode ser realmente um desafio. Mas qual a melhor altura para dar um jeito à casa senão uma em que não podemos sair dela?

8 – Ensinar truques ao teu animal de estimação

Fonte: fofuxo.com.br

            Eles são quem realmente está nas nuvens com toda esta situação. Têm os donos sempre em casa e nunca receberam tanta atenção. Para além dos mimos e das brincadeiras constantes, podes dedicar um pouco do teu tempo a ensinar aquele truque ao teu cão. Se tiveres outro animal de estimação, podes sempre improvisar e ensinar boas maneiras! Qualquer uma das coisas exige disponibilidade e paciência, algo que agora não te pode faltar. Há tutoriais no Youtube!

9 – Aprender novas receitas

            Mais uma vez, aqui está algo para o qual não temos tempo no quotidiano. Vamos guardando aqueles vídeos deliciosos ou até enviando às nossas mães, mas acabam por se perder pelas redes sociais. Tira a farinha do armário e rouba uns ovos ao frigorífico, pesquisa umas receitas na internet ou mergulha nos livros antigos da tua avó em que ela escreveu todos os ingredientes de que necessitarás. Até pode não sair bem à primeira, mas tens tempo para melhorar.

10 – Fazer exercício físico

É possível seguires vídeos publicados por personal trainers sem teres de ir ao ginásio, ou sequer de gastar dinheiro. Apenas requer disciplina e foco. Se conseguires incorporar uns minutos de exercício físico na tua rotina, o teu corpo agradecer-te-á. Estamos mais parados, e as calorias que ganhamos não desaparecem do dia para a noite. Além da saúde física, contribui para a tua saúde mental. Até as dores que tens no corpo de estar na mesma posição durante muito tempo melhoram!

Fonte: blog.queimadiaria.com

11 – Aprender um novo idioma

            Através de apps gratuitas como a Duolingo ou de vídeos no Youtube, podes exercitar a tua mente aprendendo um novo idioma. Mesmo que seja apenas o nível mais básico; tu escolhes o quanto queres aprofundar. É uma maneira gira de estares entretido e de te sentires produtivo. E podes meter no currículo! Umas palavras todos os dias e acabas a quarentena com mais um idioma na tua lista. Com a globalização, não sabes quando te pode vir a dar jeito – e nunca são demais.

12 – Pôr a matéria em dia

Fonte: cdtalaw.com

Aproveita para passares os teus apontamentos a limpo, ou para começares a fazer os resumos mais cedo. Assim, não fazes tudo em cima do joelho e preparas-te mais cedo para os métodos de avaliação. Podes também fazer os trabalhos que te foram pedidos, e que normalmente acabas à última hora. Quando terminares aquela aula no Zoom, faz uma pausa e, de seguida, enquanto ainda tens a cabeça fresquinha, organiza aquilo que foste escrevendo. Agradece-me depois!

13 – Colocar os teus pensamentos por escrito

            Se calhar, se disser para começares a escrever num diário durante estes tempos, torces o nariz. Por isso mesmo, não o vou fazer. Mas que tal ires apontando os teus pensamentos num caderno, ou até no Word? Pode ser algo útil para te distrair ou para, quem sabe mais tarde, olhares para trás e reviveres esta época tão singular. Acabas por desabafar e por evitar teres a cabeça cheia. É benéfico para a tua saúde mental e para a tua disposição. De certeza que tens histórias giras de que um dia te quererás relembrar.

14 – Apostar num novo hobbie

            Nunca quiseste experimentar yoga? Há quanto tempo não fazes um puzzle? E que tal acabares de colorir aquele livro? Ou até pintares com a aguarela que tens guardada há anos. Não tens curiosidade acerca de como funciona a meditação? Porque não pedes à tua mãe para te ensinar a coser? Alguma vez fizeste crochê? São várias as atividades para as quais nunca temos tempo. Se calhar poderiam interessar-te. Só tens a ganhar em ocupares os teus dias de formas diferentes.

15 – Atualizar as tuas playlists  

Fonte: olhardigital.com.br

Sejamos sinceros: a última música que meteste na tua playlist já não está no top mundial. Em vez de andares sempre a saltar por não calhar nada de jeito no modo aleatório, porque não fazeres uma limpeza? Mete novas melodias e retira as antigas. Joga com aquilo que te apetece ouvir e com o que te põe realmente de bom humor. Podes também criar playlists novas de raiz: para o estudo, para o exercício físico, para relaxar, para deprimir ou para alegrar. Fica ao teu critério!

16 – Encontrar novos artistas

            Já chega de ouvires sempre os mesmos álbuns. Passou demasiado tempo desde que foram lançados, e vais acabar por enjoar. O leque de opções é cada vez mais vasto e se calhar estás a perder sons que te agradariam imenso. Podes aproveitar para sair da tua zona de conforto e daquilo que ouves habitualmente, ou podes manter-te fiel às tuas origens e limitar-te a procurar artistas com vibes parecidas àquelas de que gostas. Ouve com atenção e apaixona-te por novas melodias!

17 – Apanhar um pouco de sol

Fonte: flickr

Se tiveres um quintal ou apenas uma varanda, não te esqueças de realizar a fotossíntese diária. Apanhar um pouco de sol faz-te bem e precisas de acumular alguma vitamina D. Não te entusiasmes demasiado, pois pode ser agressivo para a tua pele. Mas nem que seja 20 minutos por dia. Tenta ir a partir das três da tarde, ou de manhã, alturas em que o sol ainda não está muito forte. Convém aplicares um pouco de protetor solar para estares mais bem protegido.

18 – Pôr a conversa em dia com os teus amigos

            Todos temos aquele amigo com o qual não falamos todos os dias. Há quanto tempo não trocam uma mensagem? Demonstra preocupação e contacta os teus amigos para te certificares de que está tudo bem com eles. É um momento desafiante, que cada pessoa enfrenta de maneiras diferentes. Quer por distração, por gossip, por entretenimento ou por saudades, fala com as pessoas de quem mais gostas e não te isoles. Somos animais sociais; não é suposto isolarmo-nos totalmente.

19 – Ir buscar os jogos de tabuleiro

            Agora que temos tempo para passar uma tarde inteira a jogar monopólio, deixamos de ter desculpas para não o fazer. Vai buscar o Pictionary, o baralho de cartas normais ou o UNO, a batalha naval, o dominó, o tabuleiro de xadrez… o que tiveres nos armários aí de casa! É uma boa alternativa para tu e a tua família estarem entretidos sem recorrer aos equipamentos digitais. Proporciona sempre bons serões, risadas e, por vezes, picardias saudáveis!

20 – Fazer uma limpeza no teu telemóvel

            Todos acumulamos tralha digital nos nossos telemóveis. Com o uso diário, acabamos por não nos aperceber até ficarmos sem armazenamento. Apaga aquelas aplicações que não usas, as fotografias que estão só a encher ou as músicas que já não ouves. Reorganiza a forma como as aplicações estão dispostas e tenta criar um ambiente harmonioso neste equipamento. Vai contribuir para a tua produtividade e merece esse cuidado!

Artigo revisto por Michelle Coelho

Foto de capa – Fonte: Vittude Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *