7ª Arte,  Secções

In the Heart of the Sea – Review

O filme No Coração do Mar, do realizador Ron Howard, apresenta-nos um recontar do clássico americano Moby Dick, do autor Herman Melville.

No começo do filme somos introduzidos à personagem do jovem Herman Melville, papel desempenhado por Ben Whishaw. Herman anda à procura da verdadeira história do baleeiro Essex e da baleia gigante que condenou toda a sua tripulação. Na esperança de encontrar inspiração para o seu próximo livro, o escritor encontra-se com o único sobrevivente ainda vivo, Tom Nickerson (Brendan Gleeson), um homem inicialmente relutante mas convencido por dinheiro, bebida e pela insistência da sua mulher.

Nickerson começa então a partilhar a história do Essex, o baleeiro onde serviu como cabin boy, em 1820.

Captura de ecrã 2016-01-18, às 23.59.34

Começamos assim a acompanhar o protagonista Owen Chase (Chris Hemsworth), que vê quebrada a promessa de comandar o seu primeiro navio. Ele é obrigado a tornar-se primeiro-oficial do inexperiente, mas com excelentes contactos, George Pollard Jr. (Benjamin Walker), no navio Essex. A relação do capitão Pollard com Owen irá basear-se no confronto durante algum tempo.

O navio captura, após algumas dificuldades, a primeira baleia mas com a obrigação de levar dois mil barris de óleo para casa e isso não é suficiente. A tripulação ouve histórias de colheitas mais ricas, no Oceano Pacífico, numa área controlada por uma gigante baleia branca e seguem assim para as perigosas águas onde irão ser condenados.

O navio é atacado pelo gigante cachalote, um animal que ninguém acredita ser verdadeiro, e os sobreviventes veem-se condenados a três pequenos barcos onde irão ser levados ao limite, cometendo as maiores atrocidades, numa luta interminável pela sobrevivência e pela sua sanidade mental. Os valores e a moralidade são colocados em causa pela tripulação enquanto o capitão procura um caminho para a terra e o primeiro-oficial procura matar o monstro que os atacou.

Se pensas que este é um filme cheio de ação, estás enganado. Cheguei a duvidar se iria realmente ver as 2 horas, porque o ritmo inicial é bastante lento. Para ver No Coração do Mar tens de estar realmente com vontade de o ver e ter paciência enquanto a história é contada.

Durante todo o filme o que mais me cativou foi o fantástico elenco que o produtor reuniu para contar esta história. Desengane-se quem pensa que só se deve prestar atenção a Chris Hemsworth e Benjamin Walker. Todas as personagens secundárias são brilhantes nos seus papéis, em particular o ator Tom Holland, que interpreta o papel do jovem Tom Nickerson. Além do elenco, os efeitos especiais são fenomenais e a determinadas alturas parece que nos encontramos mesmo no coração do mar sem nada à nossa volta a não ser o céu e a água.

A dura atuação e os efeitos especiais contribuem para um filme com cenas brutais, que nos mostram a violência desta época. O fedor, a claustrofobia, as queimaduras e a fome tornam-se reais e dolorosos para quem está a assistir.

Vale a pena parar para ver o desenrolar desta intensa história que nos mostra um pouco do que é estar em alto mar a lutar por sobreviver e chegar a casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *