Agenda Cultural de maio

Este ano, Lisboa é em maio um palco para residentes, turistas, amantes das artes, música e do Sol, que mesmo no backstage vai dando um tom da sua graça. O que não falta também são iniciativas culturais para começar a aproveitar cada vez mais o tempo, agora que os dias se sobrepõem às noites.

No entanto, é nas noites que começamos as nossas sugestões para este mês. O Lisbon Under Stars procura promover o património lisboeta através de uma experiência que evoca todos os sentidos. Uma instalação que revive os episódios da história de Portugal através de projeções, efeitos visuais e um compêndio das mais recentes e mais antigas obras de autoria portuguesa. A partir de dia 3 de maio, no Museu Arqueológico do Carmo, por 45 minutos, uma viagem a tempos de glória, ruínas e perseverança desde 15€ (bilhete normal).

Fonte: Timeout

No nascer do dia, neste caso nascer de obras, o BUS – Paragem Cultural apresenta até dia 26 de maio a exposição “A Arte do Corpo”.

O espaço cultural desafia-nos a assitir ao processo criativo do artista, trabalho esse incentivado por um tipo de pinceladas diferentes daquelas que fazemos quando nos movemos e contamos com o corpo histórias. Tão natural como andar, dançar. Ágata Carvalho, Isabel Lobo e Joana Lopes foram musas e objeto de admiração e observação para as obras de Pedro Santos que estarão dispostas neste período. Sem dúvida uma alternativa por 1€ que vale a pena, não seja apenas para matar a curiosidade.

Não podemos descurar o residente por 3 anos, o ARCO Lisboa. A feira de arte contemporânea volta a Lisboa, com a presença de 51 galerias dentro das quais 27 são portuguesas. Para profissionais do mercado artístico, amantes de arte contemporânea, esta é uma oportunidade de expandir os seus conhecimentos e conhecer de antemão novos artistas aclamados pela crítica como Esther Ferrer, José Carlos Martinat. A decorrer entre os dias 17 e 20 de Maio no Torreão Poente da Cordoaria.

Fonte: Jornal Económico

Outro evento a marcar novamente presença no palco lisboeta é o FIMFALX, mostrando que as marionetas são muito mais que entretenimento para crianças desde 2000.

A programação deste ano conta com os artistas do teatro de marionetas de Espanha, Berlim, Portugal. Estes propõem por duas semanas (3 a 20 de maio) partilhar parte da arte das marionetas e as sinergias que têm com a música, o cinema e a dança. Paralelamente, irão decorrer também workshops.

Para mais informações sobre a programação e locais de exibição: http://www.tarumba.pt./2018/

 

Não percas as oportunidades que maio te pode proporcionar!

Artigos recentes

Era uma vez

Versão em forma de tributo de uma Hollywood em transição da sua fase clássica para uma nova era mais escura. O “nono” de Tarantino não

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *