Opinião,  Secções

Campeões só no fim

O Sporting Clube de Portugal não poderia ter pedido para começar 2016 de melhor forma, após uma vitória sobre o FC Porto por 2-0 e uma goleada por 6-0 nos terrenos do Vitória Futebol Clube – uma das boas surpresas desta primeira liga. No entanto, e porque ainda falta decorrer mais de metade do campeonato, o percurso ainda é longo e com certeza difícil.

Puxando um pouco a cassete atrás e voltando àquela trágica semana de Dezembro, quando a equipa de Jorge Jesus é eliminada da Taça pelo Sporting Clube de Braga – naquele que foi o melhor encontro de toda a temporada e em que foi prejudicada gravemente pela arbitragem – e, logo de seguida, perde com o União da Madeira: naquele momento tudo parecia estar mal, pelo menos para alguns. Todavia, a verdade é que hoje nem tudo é perfeito bem como naquelas duas derrotas consecutivas também não estava tudo errado.

O que quero com isto dizer é que se nota uma melhoria significativa na equipa do Sporting quando comparado com a da temporada anterior. Mais recursos? Coloco algumas reticências no que a esse ponto diz respeito. Se é certo que Bryan Ruiz, Teo Gutiérrez, Aquilani e Naldo trouxeram qualidade, também não é menos verdade que Nani, Carrillo e Cédric seriam titulares nesta equipa de Jorge Jesus.

O caminho é longo e estamos ainda longe de o concluir com o desejado sucesso. Apenas e só se a massa adepta do Sporting se mantiver unida – dispenso a oposição croquete que sai da toca quando as coisas correm menos bem – no apoio à equipa, poderemos festejar o título no marquês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *