Atualidade

Catalunha: centenas de milhares gritam pela união de Espanha e pela prisão de Puigdemont

A manifestação a favor de uma Espanha unida e da prisão do ex-líder catalão, Puigdemont, foi organizada pela “Societat Civil Catalana” e ocorreu no passado domingo no Paseo de Gracia, uma das avenidas mais movimentadas de Barcelona.

Em consequência da declaração da independência unilateral da Catalunha, a organização “Societat Civil Catalana” organizou uma manifestação no passado domingo, que juntou centenas de milhares de pessoas no centro de Barcelona, cujo lema principal era “Todos somos Catalunha! Pela convivência, sensatez”.

Segundo a polícia local, o número de manifestantes era cerca de 300 mil. No entanto, a organização do protesto afirma que um milhão de pessoas marcou presença na capital catalã.

O objetivo desta manifestação foi essencialmente contestar a declaração unilateral do governo catalão face à independência da região, o que levou à demissão de Carles Puidgemont, o presidente da República da Catalunha até então.

Segurando bandeiras de Espanha e da União Europeia, os manifestantes gritam agora pela sua prisão, classificando a sua ação como um ataque à democracia espanhola sem precedentes. Além disso, acusam os líderes separatistas de enganarem e dividirem a sua região.

As principais pessoas que encabeçaram a manifestação foram a ministra da Saúde espanhola, que é catalã, Dolors Montserrat, representado assim o governo espanhol, e os líderes dos principais partidos regionais anti separatistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *