• Artes Visuais e Performativas,  Uncategorized

    Vamos ao teatro, mas de pijama!

    De porta fechada e com a atividade suspensa, diversos teatros estão impedidos de realizar espetáculos devido à pandemia covid-19. Mas, nestes tempos de isolamento social, várias companhias têm disponibilizado ao público a oportunidade de acompanhar o seu trabalho através de plataformas online. De seguida, deixamos-te três sugestões de companhias internacionais que estão a disponibilizar estes serviços, para que possas viajar no conforto do teu sofá. Em primeiro lugar, falamos-te do Théâtre du Soleil. A companhia dirigida por Ariane Mnouchkine disponibilizou diversas criações artísticas ao público. Entre as encenações que podem ser encontradas estão “1789” e “Os náufragos do Louca Esperança”. Para além de peças de teatro, é ainda possível ver filmes e…

  • Artes Visuais e Performativas

    Merc’art Democr’art

    O conceito nasceu em 2016, pela mão de Alexandra Quadros e está sediado no LX Factory. Mas, atenção: mesmo quando não está em exposição, todas as suas obras estão disponíveis para consulta ou compra no site oficial: www.mercart.pt. Merc’art é o nome. Democr’art é o lema. E porquê? Por um lado, porque lutam pela democratização, e valorização, da arte nas gerações mais jovens, praticando uma política de 50/50 com os artistas. Por outro lado, porque a sua principal ideologia é tornar a arte mais acessível, para que que todos possam estar em contacto com a beleza e felicidade que dela advêm. Permite-se ainda um acesso privilegiado, não só a peças…

  • Artes Visuais e Performativas

    E se Lisboa fosse uma paleta de cores?

    Lisboa: uma cidade, várias cores e quase dez milhões de turistas por ano. Quem vem repara! Lisboa é famosa por muitas razões e as suas cores são uma delas. Pergunte a qualquer um: os tons amarelos ou azuis não passam ao lado. São o foco de muitas fotografias, quer de turistas, quer dos lisboetas que gostam de ser “instagrammers”. Realizámos um estudo no mês de outubro para perceber que cores é que se destacam. Eis os tópicos: – Idade; – Sexo; – Se Lisboa fosse uma cor, qual seria? – Porquê? – Local a visitar na cidade; – Conhece algum sítio onde exista arte urbana? Onde? Este estudo contou com…

  • Fonte: Andreia Simão
    Artes Visuais e Performativas

    A arte para além de uma moldura

    A exposição “Genius or Vandal – an unauthorized show” chegou a Portugal no dia 14 de junho à Cordoaria Nacional, em Lisboa, onde estará aberta ao público até 27 de Outubro. A exposição tem como “peça de entrada” uma montagem de fotografias que retratam o trabalho do artista, um pouco por todo o mundo. Mostra maioritariamente conteúdos a que facilmente se tem acesso online, o que deixa um pouco a desejar nesta primeira fase. Porém, está longe de terminar por aí. É por entre corredores e salas forradas com pano escuro que se vão revelando murais, cenários teatrais, fotografias emolduradas e até a passagem de um filme em grande plano onde…

  • Artes Visuais e Performativas

    Exposições do MAAT

    Arte, Arquitetura e Tecnologia. Foi nos dias 4, 5 e 6 de outubro que o MAAT celebrou o seu 3º aniversário. Foram dias de atividades únicas e gratuitas. Desde oficinas a performances, passando por concertos de jazz e lançamentos de livros. Parte destas atividades foram exclusivas da celebração, mas muitas outras continuam. Não precisa de ir a correr, elas estão disponíveis até 2020! É nesta agenda de outubro que o MAAT nos oferece uma nova visão acerca do mundo através de vídeos, jogos, desenhos, fotografias, esculturas e instalações. PLAYMODE é a primeira exposição a visitar no nosso roteiro. Encontra-se no MAAT e conta com a participação de trinta artistas. É…

  • Artes Visuais e Performativas

    Gelados, velhinhos e uma peça maravilhosa

    Todas as Coisas Maravilhosas é o nome de uma peça de teatro, mas é também umas das categorias na qual se insere a performance do ator Ivo Canelas. Aliás, arrisco-me a dizer que o adjetivo “maravilhoso” não faz jus à interpretação portuguesa de “Every Brilliant Thing”, escrita por Duncan Macmillan. Afinal, não é todos os dias que uma sala de espetáculo se transforma num ginásio especializado em aulas intensivas para os músculos da cara. O público é, no fundo, um grupo de pessoas sentadas em círculo à volta de uma espécie de PT de expressões faciais. Há espaço para tudo, desde o constrangimento inicial, provocado pelo contacto visual entre o…

  • Artes Visuais e Performativas

    Um recanto de arte perdido no coração de Lisboa

    O Village Underground completou, no passado dia 11 de maio, cinco anos de existência. Para quem não conhece este pequeno recanto em Alcântara, na área do LX Factory, é uma visita a não perder. Não se paga por lá estar (o que, como sabemos, é sempre uma informação essencial), e nada combina melhor com uma cerveja e uma tarde de sol do que uma enchente de arte contemporânea ao ar livre. É um espaço recatado e não muito extenso. Contudo, presenteado com uma quantidade avassaladora de arte nas mais diversas formas, desde caricaturas em caixotes do lixo a autocarros empilhados entre vários contentores unidos pelos melhores grafítis da atualidade.  Para…

  • Artes Visuais e Performativas

    Os segredos por detrás da capa do BlackStar

    A capa do disco “Blackstar”, o último disco do cantor David Bowie, deixa os fãs em suspense mesmo depois da sua morte. São várias as críticas feitas à capa do disco devido à sua simplicidade. Até chegam a dizer que esta capa demorou apenas cinco minutos a ser desenhada. No entanto, os fãs e o designer do álbum têm mostrado que este é mais complexo do que aparenta ser. Alguns dos segredos desta capa ainda não foram desvendados. O próprio cantor não tem conhecimento de alguns segredos escondidos no álbum, pois esses foram incluídos pelo o designer. A mortalidade está representada, não só pela cor preta, mas também pela aparência…

  • Artes Visuais e Performativas

    A importância do figurino na criação de uma personagem

    No universo ficcional, o figurino exerce a função de narrar visualmente certas características da personagem. A criação deste é feita na fase final da produção após a definição estrutural do desenho da encenação (luz e cenário), de modo a realizar uma espécie de “vestimenta” final do espetáculo.  Por seu intermédio, é possível criar uma linguagem através das formas, cores e texturas; transmitir a época em que a peça decorre e o seu contexto político e económico; e indicar a região ou cultura da personagem através do seu estilo. É possível afirmar que o figurino há muito deixou de ser apenas a roupa que a personagem está a usar quando entra…

  • Artes Visuais e Performativas

    Exposição fotográfica de arquitetura após a revolução digital

    A exposição “Ficção e Fabricação: Fotografia de Arquitetura após a Revolução Digital” vem marcar os 30 anos do Photoshop e das ferramentas digitais de produção de fotografia, contando com mais de 70 obras de quase 50 artistas. Estas obras apresentam a arquitetura como tema fotográfico com conteúdo narrativo, social e político. O objetivo desta exposição é mostrar o impacto da fotografia anos depois da criação do Photoshop. Nesta exposição estão obras de artistas como Jeff Wall, Beate Gütschow e de alguns fotógrafos portugueses como Edgar Martins e Carlos Carvalho. Foram também disponibilizadas obras de coleções privadas, como a do Museu Reina Sofia de Madrid, a da Coleção de Arte da…