Atualidade

Derrocada em Lisboa faz dois mortos

Dois homens morreram na sequência de uma derrocada no interior de um prédio situado na rua Alexandre Herculano, nº 41, em Lisboa. A tragédia aconteceu esta segunda-feira, dia 28, por volta das 12 horas.

As vítimas mortais, de 51 e 56 anos, estavam a trabalhar ao serviço do Grupo Casais, uma empresa sediada em Braga, nas obras que estavam a decorrer no interior do edifício onde derrocaram três andares.

Inicialmente, os dois homens que acabaram por morrer foram apenas dados como desaparecidos. Pouco tempo depois, foi confirmada a morte de um deles, enquanto o outro continuou soterrado debaixo dos escombros. Segundo a Agência Lusa, o segundo óbito só foi oficialmente confirmado por volta das 18 horas, quando as autoridades o localizaram e resgataram.

De acordo com o Jornal de Notícias, uma equipa cinotécnica especializada em encontrar pessoas vivas nos escombros foi mobilizada para o local da ocorrência, acompanha de cães da polícia treinados para encontrar cadáveres.

A Agência Lusa cita ainda um terceiro homem, também trabalhador na referida obra, que afirma ter escapado por pouco ao acidente. O indivíduo estava no primeiro andar quando tudo aconteceu e conseguiu fugir a tempo.

O incidente teve ainda repercussões na circulação. O trânsito esteve fechado durante mais de duas horas na rua Alexandra Herculano e prolongou-se por mais algumas horas na rua Rodrigo da Fonseca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *