Atualidade,  Informação

Europa recebeu trezentos e cinquenta mil migrantes em 2016

Acolhimento de trezentos e cinquenta mil refugiados em 2016 representa um declínio em relação ao ano passado. Pelo contrário, o número de refugiados mortos a tentar entrar no continente europeu aumentou.

 

Cerca de trezentos e cinquenta milmigrantes entraram este ano na Europa, o que representa um declínio de grande dimensão em comparação com o ano passado, 2015, quando deram entrada no continente cerca de um milhão de refugiados, diz hoje Fabrice Leggeri, o diretor-geral da Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados Membros da União Europeia.

Em entrevista a um jornal alemão, o presidente da agência divulga que cento e oitenta mil migrantes chegaram à Europa a partir da Turquia e do Mediterrâneo Oriental, enquanto cento e setenta mil entraram pela Líbia, pelo Egito ou pela rota do Mediterrâneo Central.

É também de se referir, segundo Leggeri, que, apesar de o número de migrantes provenientes do Oriente ter diminuido, o número de migrantes vindos de África aumentou em 30%.

Juntando-se a estes dados, chegam informações da Organização Internacional das Migrações que indicam que este ano morreram no Mediterrâneo 4812 refugiados, mais mil e duzentos comparativamente com o ano transacto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *