Música

Hollywood Undead – O Dia dos Mortos

“Day Of The Dead” – é este o nome do mais recente álbum da famosa banda de Rap/Rock, Hollywood Undead. Antes de falar sobre o álbum em si, sinto que devo referir uma coisa que me deixou completamente hesitante. É normal que nos dias que correm as bandas se vejam na obrigação de lançar várias músicas do CD que está prestes a sair. Normalmente, um artista lança duas ou três músicas antes do álbum sair. Não foi isto que os Hollywood Undead fizeram. Por insegurança, ou por outra razão qualquer, o grupo decidiu lançar 7 faixas antes do CD sair. O álbum conta com 12 temas, mais de metade de um álbum “leakado”, portanto.

Mas e o CD em si? Vale a pena? Se nunca ouviste Hollywood Undead e esta é a primeira vez que te deparas com a banda, talvez seja um bom álbum para começar. De resto, não há muito mais por onde pegar.

Atrevo-me a dizer que a melhor faixa deste álbum é mesmo o tema que lhe dá o título. “Day of the Dead” é sem dúvida a música mais tipicamente Hollywood Undead que este álbum nos consegue proporcionar – E foi a primeira faixa que a banda lançou deste álbum – A aposta num som muito mais electrónico e uma atitude “party song” não os favorece em nada.

As guitarras foram postas um pouco à parte, e misturaram-se batidas e ritmos demasiado estranhos para serem compreendidos até pelos próprios rappers da banda. Quando ouvimos este álbum, sentimos que há uma evolução contrária àquilo que deveria ter sido a evolução da banda até agora.

Apesar de todas as falhas, não podemos não apontar aquilo que a banda fez bem: utilizou pela primeira vez todos os mc’s do grupo de forma correcta. Com isto quero dizer que, nos álbuns anteriores, a banda tinha a tendência para dar mais “tempo de antena” a Johnny 3 Tears e a Charlie Scene, e muito esporadicamente iam alternando entre os outros rappers. Neste CD há uma grande participação de Funny Man, um dos rappers mais “introvertidos” da banda. A sua colaboração neste Day Of The Dead é uma participação bastante activa – o que dá ao CD uma nova imagem sonora e mais versatilidade.

Vamos então às questões que importam. É um bom álbum? Sim. É um bom álbum de Hollywood Undead? Não. É um completo passo atrás – sofrendo as consequências de ser o sucessor do melhor álbum da banda “Notes From The Underground”. O dia dos mortos não matou a banda, mas deixou-a bastante adormecida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *