Atualidade,  Informação

Jovem de 20 anos morreu na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto

Captura de ecrã 2016-04-1, às 22.47.21

Joel Rafael esteve envolvido em desacatos no parque de estacionamento da faculdade com grupo de quatro indivíduos. Não sobreviveu à queda que provocou um traumatismo craniano.

O sucedido ocorreu por volta das cinco da manhã na Faculdade de Engenharia do Porto. Fonte da Polícia Judiciária disse que o jovem morreu de forma acidental, depois de se ter envolvido numa altercação com outro rapaz.

Os desacatos ocorreram na rua Dom Frei Vicente de Soledade Castro, no Porto. A PSP recebeu a queixa às 4h30. Depois de já estar no local do incidente, um equipa do INEM tentava já socorrer o jovem.

Segundo as informações a que o Expresso teve acesso, a vítima terá morrido depois de um amigo ter tentado separar os dois jovens. Joel Rafael terá então caído e batido com a cabeça no chão, sofrendo um traumatismo craniano.

O estudante acabou por não resistir aos ferimentos e acabou por morrer no Hospital de São João. Já que se tratou de homicídio, a Polícia Judiciária tomou conta da ocorrência e está a investigar o caso.

O jovem, natural de Baião, estudava no Instituto de Contabilidade e Administração do Porto e estava a sair de uma festa da universidade quando foi abordado pelos quatro indivíduos.

O presidente da Federação Académica do Porto, em declarações à Agência Lusa, já condenou a morte do estudante e diz que esta situação “não pode passar em claro”. “É uma situação lamentável e tem de ser investigada”, lamentou.

Também o diretor de comunicação da Faculdade de Engenharia já comentou o caso e diz que o sucedido ocorreu fora da instituição de ensino superior e que a zona é de acesso público.

O caso surge três anos depois de outra morte de um estudante na cidade invicta. A 4 de maio de 2013, Marlon Correia, um estudante da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, foi atingido a tiro por quatro assaltantes encapuzados durante uma alegada tentativa de assalto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *