Liga NOS – 6ª jornada – Temos líder isolado

A 6ª jornada da edição 2018/19 da Liga NOS foi intensa: houve surpresas, resultados
históricos, estreias e, acima de tudo isso, um novo líder.

O fim-de-semana de futebol arrancou com um jogo bem antecipado, à quinta, com o Benfica a
deslocar-se ao estádio do Chaves. Num jogo que foi ameaçado pelo dilúvio que se fez sentir
em Trás-os-Montes, a formação encarnada acabou por escorregar e deixar escapar os
primeiros pontos fora de casa, em vésperas de clássico. Rafa ainda colocou as águias na frente
por duas vezes, mas, do outro lado, Ghazaryan ripostou na mesma moeda e, com dois remates
potentes, estabeleceu o resultado final num empate (2-2), numa altura em que o Benfica
estava reduzido a 10, depois da expulsão de Conti, defesa central que vai falhar o clássico.

No dia seguinte, e em dia do seu 125º aniversário, o Porto recebeu e venceu o Tondela (1-0),
num jogo muito sofrido e completamente dominado pelos dragões. O Tondela é das equipas
que mais confortável se sente sem bola e não se importa de se fechar na sua grande área
durante os 90 minutos. E a estratégia quase resultou, não fosse uma bola largada por Cláudio
Ramos proporcionar ao regressado Soares a chance de marcar o único golo da partida, já bem
perto do apito final.

No sábado, o destaque vai para a vitória caseira do Sporting diante do Marítimo (2-0). Num
jogo muito parado e frio, uma grande penalidade madrugadora convertida de forma eficaz por
Bruno Fernandes abriu o marcador. Ainda na primeira parte, numa bola perdida na grande
área madeirense, Fredy Montero achou o seu primeiro golo esta época e ajudou o Sporting a
aproximar-se dos lugares cimeiros. Durante essa tarde, o Moreirense regressou às vitórias ao
vencer o Feirense por 1-0. O golo solitário apontado por Nene permitiu à formação de Moreira
de Cónegos ascender ao 11º lugar. No último jogo de sábado, o Rio Ave deu seguimento ao
seu bom momento. Depois de uma vitória dilatada alcançada nos Açores, os vilacondenses
derrotaram a formação do Boavista por 2-1. Carlos Vinicius bisou e Rafael Lopes ainda
conseguiu reduzir, mas não foi o suficiente para tirar a vitória, que permite ao Rio Ave ocupar a
5ª posição da tabela classificativa, com os mesmos pontos do que o Sporting.

No domingo, houve dérbi insular entre Nacional e Santa Clara. A equipa açoriana viajou até à
Madeira para fazer história e vencer pela primeira vez na Choupana. O resultado começou a
ser construído logo no minuto 4, depois de Fernando aproveitar uma perda de bola na defesa
madeirense para fazer o primeiro golo no jogo. Já na segunda parte, de canto direto, Rashid
dilatou a vantagem dos açorianos para 0-2. Minutos depois, Pineda estabeleceu o resultado
em 0-3. O Santa Clara somou mais 3 pontos muito importantes neste regresso à I Liga, 15 anos
depois. No duelo entre Vitórias, não houve vitorioso. O Vitória de Guimarães, que jogava
perante os seus adeptos, ainda se adiantou no marcador, com um golo apontado por Osório.
Mas, já nos últimos minutos, Nuno Valente, num grande remate, empatou a partida e repartiu
as honras entre as duas equipas (1-1). No último jogo do dia, o Sporting de Braga aproveitou
da melhor forma o deslize do Benfica. Os arsenalistas deslocaram-se até ao Jamor para
derrotar o Belenenses (0-3). Aproveitando as várias falhas defensivas do Belenenses, Wilson
Eduardo bisou na partida, sendo o outro golo apontado por Ricardo Horta. Com esta vitória, o
Sporting de Braga passa a somar 16 pontos, é líder isolado da Liga e já espreita a próxima
jornada, onde esperará um resultado favorável no clássico, para que possa aumentar a
vantagem pontual para os rivais diretos.

Desportivo das Aves e Portimonense fecharam a 6ª ronda da Liga. No confronto entre equipas
da linha de água, o Aves alcançou a sua primeira vitória esta temporada. Um hat-trick de Vítor
Gomes foi uma lufada de ar fresco na série negativa que a equipa do Aves atravessa, apesar de
ainda se encontrar em zona de despromoção.

Destaque da semana: Entre os muitos destaques que podem ser feitos, acho importante
destacar o contributo de Vítor Gomes para a primeira vitória do Desportivo das Aves nesta
temporada. Marcar três golos numa partida nunca é fácil, mas marcar três golos sendo um
médio é ainda mais difícil.

Tabela classificativa:
1º – Sporting de Braga – 16 pontos
2º – FC Porto – 15 pontos
3º – Benfica – 14 pontos
4º – Sporting – 13 pontos
5º -Rio Ave – 13 pontos
6º – Marítimo – 10 pontos
7º – Santa Clara – 8 pontos
8º – Feirense – 8 pontos
9º – Vitória de Guimarães – 7 pontos
10º – Chaves – 7 pontos
11º – Moreirense – 7 pontos
12º – Belenenses SAD – 6 pontos
13º – Tondela – 5 pontos
14º – Vitória de Setúbal – 5 pontos
15º – Boavista – 4 pontos
16º – Aves – 4 pontos
17º – Portimonense – 4 pontos
18º – Nacional – 4 pontos

Artigos recentes

The (not so) Good Place

Estás à procura de uma série curta e divertida para fazer binge-watching durante a quarentena? The Good Place pode ser a melhor opção. Esta série

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *