Liverpool vence e sobe à liderança, Marco Silva leva a melhor diante dos “blues”

Na 31ª jornada da Premier League, o Liverpool deslocou-se à capital para defrontar o Fulham, onde acabou por vencer a equipa da casa por 2-1.

Sadio Mané abriu o marcador aos 26 minutos, após uma grande jogada com Robertson e Roberto Firmino. O avançado senegalês está em grande forma, e já leva 17 golos no campeonato. Numa partida em que se previa controlo por parte dos “reds”, eis que surge o golo do empate. Van Dijk e Alisson não se entenderam e permitiram a Babel impor a igualdade, quando decorria o minuto 74. Mas a insistência dos comandados de Jurgen Klopp foi mais forte, e quando o relógio assinalava 81 minutos de jogo, Craig Pawson assinala grande penalidade, posteriormente convertida por James Milner, que estabelecia assim o resultado final do jogo. Com este triunfo, os atletas de Anfield assumiam assim a liderança do campeonato, à condição.

Sadio Mané aponta o primeiro golo da partida.     Fonte: ESPN

Pouco depois, o Everton de Marco Silva recebeu e venceu o Chelsea por 2-0.

Após um primeiro período de domínio dos comandados de Sarri, foi já na segunda parte que Richarlison abriu o marcador, decorridos 49 minutos da partida. Desde esse momento, a equipa da casa foi a que mais perigo criou para a baliza adversária, apesar da posse de bola ter sido maioritariamente dos visitantes. Quando o cronómetro marcava 72 minutos de jogo, Sigurdsson fez o segundo para os “Tofees”, através de uma recarga da grande penalidade defendida por Kepa. Marco Silva voltava a sorrir, pois via a sua equipa a voltar às vitorias no campeonato inglês, depois de duas jornadas sem saber o que era vencer.

https://media-content-enetpulse.secure.footprint.net/gallery/2019/3/17/846b696818b154a8e046bdf6817798dcs.jpeg
Richarlison está em grande forma esta temporada. Fonte: resultados.com

No sábado, o confronto entre West Ham e Huddersfield Town teve o maior número de golos da jornada. A equipa da casa venceu por 4-3, com o último golo a ser apontado já para lá do minuto 90.

O jogo começou com uma grande penalidade covertida por Noble, logo aos 15 minutos, mas rapidamente foi respondida aos 17, com Bacuna a fazer o empate. Para ver mais golos, os adeptos presentes no Estádio Olímpico de Londres tiveram de esperar pela segunda parte, quando no minuto 65, Ahearne-Grant fazia o 1-2 e completava assim a reviravolta no marcador. Quando já pouca esperança existia entre os aficionados dos “Irons”, surge uma daquelas “comebacks”, como dizem os ingleses, e no espaço de 16 minutos o West Ham faz três golos e vence a partida (Ogbonna aos 75´ e Chicharito aos 84´ e 90+1´). Com esta vitória, a equipa de Manuel Pellegrini consolidava o nono lugar da tabela classificativa.

Imagem relacionada
Imagem de um dos golos da partida. Fonte: Evening Standard

Na mesma jornada, Bournemouth e Newcastle empataram a dois, com a equipa visitante a chegar ao golo da igualdade para lá dos 90 minutos regulamentares, enquanto que o Leicester City foi a casa do Burnley vencer por 2-1, também com um golo tardio.

O principal destaque da próxima jornada será certamente o confronto entre primeiro e terceiro classificado. Liverpool e Tottenham defrontam-se, em Anfield, no próximo dia 31 de março.

Fotografia “thumbnail”: Fonte- The Independent

Revisto por: Ana Margarida Patinho

Artigos recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *