Marcelo explica que Portugal não apoia a criação de um exército europeu

Marcelo Rebelo de Sousa esteve presente no Fórum da Paz, em Paris, este sábado, e relembrou que Portugal não apoia a criação de um “exército europeu”. Emmanuel Macron mostrou-se a favor da ideia, o que causou polémica entre o presidente francês e Trump.

O Presidente da República esclareceu no Fórum da Paz, em Paris, que o reforço da segurança na União Europeia, complementar à NATO, não passa pela criação de um exército europeu. “Ficou claro no debate parlamentar [em Portugal] que não se trata de um exército europeu, trata-se, sim, de um reforço do empenho, e um empenho que é complementar daquele que é traduzido pela Aliança Atlântica dos europeus no cenário europeu e nos cenários vizinhos”, explicou aos jornalistas. O chefe de Estado esclareceu também que a posição dos outros países é a mesma que Portugal.

O parlamento português aprovou, em dezembro do ano passado, três resoluções para a adesão de Portugal à cooperação estruturada permanente de defesa e segurança (PESCO). As resoluções explicitavam a recusa da criação de um exército europeu.

A questão da criação de um exército europeu surgiu quando o presidente francês, Emmanuel Macron, em declarações à rádio Europa 1, mostrou-se a favor do mesmo. O presidente Trump criticou a posição de Macron, dizendo que este estava a tentar proteger a Europa dos Estados Unidos. O presidente francês já esclareceu que o exército não estaria contra os EUA.

As comemorações dos 100 anos do Armísticio da I Guerra Mundial decorrem em Paris, este fim de semana, onde se integra a realização do Fórum da Paz. Vária figuras políticas estão presentes, entre as quais está Marcelo Rebelo de Sousa. O presidente norte-americano não compareceu às celebrações.

 

Corrigido por: Beatriz Pardal

Artigos recentes

The (not so) Good Place

Estás à procura de uma série curta e divertida para fazer binge-watching durante a quarentena? The Good Place pode ser a melhor opção. Esta série

Ler mais »

SNS e o suicídio

Não saber que o Sistema Nacional de Saúde é lento é como não saber que data é 1143: é sinal de que não se é

Ler mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *