Atualidade,  Informação

Moody’s elogia Governo pela aprovação do Orçamento do Estado

A agência de notação financeira Moody’s afirmou esta quinta-feira que a versão revista do Orçamento é “positiva” e “melhora a credibilidade financeira” de Portugal.

As declarações surgem numa nota intitulada Portugal’s Approval of Revised 2016 Budget Improves Fiscal Credibility, a Credit Positive, citada pelo Económico.

A agência norte-americana diz que o orçamento não é ideal, mas “afasta o risco de eleições antecipadas”. A aprovação de uma nova versão do Orçamento revela, segundo a Moody’s, “a capacidade e a disponibilidade do governo para inverter o rumo e definir uma trajectória orçamental mais realista do que a que o governo tinha apresentado no primeiro esboço orçamental, apresentado no início de fevereiro”.

“A Comissão entendeu que o esboço inicial do OE de inícios de fevereiro era insuficiente porque não incorporava melhorias estruturais no balanço e se baseava em previsões de crescimento optimistas.”

A Moody’s alerta, no entanto, para o défice orçamental que “irá, no final de contas, exceder o objectivo do governo”, que é 2,2%. A agência aponta para um défice de 3%, considerando “optimistas” as perspetivas do governo em relação ao crescimento da economia. “Acreditamos que o défice orçamental vai ultrapassar a meta do Governo, devido às nossas previsões de 1,6 por cento de crescimento em vez dos 1,8 por cento do Governo”, lê-se na nota da Moody’s.

Apesar de considerar a aprovação do Orçamento como positiva, o rating de Portugal continua a ser de alto risco (lixo), com perspectivas de estabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *