Made In ESCS

O caminho pela mestria na comunicação e publicidade passou pela ESCS

No passado dia 23 de Outubro, ocorreu a sexta edição das Jornadas de Publicidade e Comunicação. Destinadas a analisar todos os fenómenos actuais da comunicação e publicidade, estas jornadas contaram com uma variedade de oradores e temas que cativaram não só ESCSianos, mas também jovens estudantes de diversas escolas espalhadas pelo país. De dois em dois anos, este evento oferece uma troca de conhecimentos entre especialistas na área da comunicação e futuros profissionais, proporcionando oportunidades como poucos outros eventos o fazem.

FOTO01
Painel de oradores e o moderador, Francisco Sena Santos, à esquerda

O tema desta edição foi “Publicidade, Marcas e Redes Sociais”, elaborando sobre as potencialidades dos dispositivos tecnológicos de vanguarda em diversas campanhas. Abordaram-se diversas tendências na sociedade actual, tal como a priorização dos dispositivos portáteis, como o tablet e o smartphone, e a utilização de vários aparelhos em simultâneo. O facto de o tema ser actual e contemporâneo ajudou à contextualização dos assuntos debatidos junto da audiência, na sua maioria, jovem.

A sessão de abertura iniciou-se às 10h e contou com um painel de oradores conceituados nas suas respectivas áreas, com o docente da ESCS professor Francisco Sena Santos como mediador do debate. Nelson Pimenta, Head Social Media na Oglivy Portugal, começou por abordar a forma como os media online e as social networks são uma plataforma crescente para “entrar na conversa” e também para criar uma propriamente, quer na exposição de um produto quer na sua promoção.

De seguida, a palavra foi de Cátia Dias, uma das mentes envolvidas na criação do blog Style It Up, que veio trazer a perspectiva do leitor e os cuidados a ter com este na elaboração de um projeto literário. A interacção nas redes sociais com os leitores e fãs foi destacada. Foi a vez de passar a palavra a Patrícia Dias, docente e investigadora de tendências do público em geral face a diversos dispositivos tecnológicos, tal como a relação que estabelecemos com os mesmos.

FOTO02
O Auditório Vitor Macieira encheu-se de pessoas para assistir à VI Edição das Jornadas

Finalmente, foi chamado à questão Miguel Albuquerque e Castro, Digital Media Lend na Microsoft Portugal. A sua rápida e concisa apresentação consistiu em enaltecer a importância da presença nos meios digitais por parte das empresas, tal como um ênfase no ABC do como interagir numa plataforma online. Num panorama geral, cada um dos oradores, nas suas formas distintas de o fazer, conseguiu realçar pontos cruciais das áreas da comunicação, marketing e publicidade, de uma maneira apelativa para todos os investigadores e estudiosos dessas mesmas áreas. Após uma breve sessão de perguntas aos oradores por parte de membros da audiência, concluiu-se a sessão da manhã para se iniciar a pausa para o almoço.

FOTO04
Programa das Sessões Paralelas

Após o almoço, foi altura de dar início às Sessões Paralelas. Três sessões ocorreram das 14h às 15h30, tendo cada uma os seguintes temas: “Linguagens, Discursos e Contextos Publicitários”, com moderação de Jorge Veríssimo; “Publicidade, Redes Sociais e Consumidores na Era Digital”, com moderação de Sandra Miranda; “Criatividade, Inovação e Brand Entertainment“, com moderação de Rosário Correia.

Foi a João Soares Barros, professor da Escola Superior de Comunicação Social, que coube abrir a sessão com o primeiro tema, analisando a Propaganda em Pompeia e de que modo é que essa realidade se reflecte na Publicidade dos dias de hoje. O professor da área de Publicidade e Marketing defende que este tipo de eventos é fundamental e felicita a organização: “Foi uma Sessão de Abertura completamente cheia e diferentes Sessões Paralelas com salas a abarrotar, pelo que é, mais do que não seja, uma manifestação de dinamismo da própria organização destas Jornadas”. Com orgulho por estarem sediadads na Escola Superior de Comunicação Social, aponta também o benefício que elas podem trazer à comunidade estudantil: “Obviamente que há uma importância académica nestes eventos que tem a ver com o fato de poderes apresentar os teus trabalhos, os investigadores ouvirem as teses uns dos outros e isso levar a que se possam juntar e trocar ideias, bem como a investigação avançar. É preciso percorrer caminhos para os quais os outros ainda não começaram a olhar”.

FOTO03
João Soares Barros, professor na Escola Superior de Comunicação Social, na sessão onde foi orador.

Ruben Martins, do curso de Jornalismo, foi um dos alunos presentes nas VI Jornadas de Publicidade e Comunicação. Das sessões a que foi, retém a importância que as redes sociais têm para as empresas e para as universidades: “No caso das universidades, isto acontece quer para cativar novos alunos, quer para informar os alunos de actividades dentro das próprias faculdades”. A Universidade do Porto foi um caso apontado como bom exemplo desta prática, dado que a interacção página-alunos e o número de “likes” eram pontos bastante positivos.

As Sessões Paralelas tiveram uma pequena pausa para uma Coffee Break e convívio entre audiência, organização, moderadores e oradores. Com mais três temas ainda a apresentar, as sessões foram retomadas pelas 16h.

Entre questões de “Comunicação Visual”, “Marcas de Luxo”, “Comércio Electrónico” ou a “Percepção das Crianças face à Publicidade de Produtos Alimentares”, as salas continuaram cheias e muitos ficaram com a certeza de quererem voltar. Uma dessas pessoas é um aluno visitante, da Magestil, que não tem dúvidas sobre a sua parte preferida ter sido a Sessão da manhã: “Gostei das palestras. Deram-me um conhecimento geral e é interessante ver como simples vídeos podem tornar produtos conhecidos e afirmá-los no mercado. Para o ano, vou participar outra vez”.

FOTO05
Fátima da Silva, ex-aluna da ESCS, apresentou a sua tese de Mestrado sobre Christian Louboutin.

Desde a temática da interactividade e das redes sociais à realidade do mundo e do tecido empresarial, as VI Jornadas de Publicidade e Comunicação chegaram assim ao fim, deixando a todos a vontade de participar na próxima edição.

(Por Rafael Outeiro e Rute Cotrim)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *