Atualidade,  Informação

ONU vota pelo fim dos colonatos israelitas

Uma resolução apresentada pelo Egito que exigia a Israel o fim dos colonatos nos territórios palestinianos foi aprovada pelo Conselho de Segurança da ONU esta quinta-feira com 14 votos a favor, uma abstenção e nenhum contra. Os Estados Unidos abstiveram-se.

Depois de terem vetado uma resolução semelhante em 2011, os EUA abstiveram-se esta quinta-feira de um projeto resolução que ordenava o fim imediato e completo de “toda a atividade de colonização em território palestiniano ocupado, incluindo Jerusalém-leste”.

Os colonatos israelitas são, segundo as Nações Unidas, assentamentos ilegais em territórios, cuja ocupação não é reconhecida internacionalmente. As autoridades da ONU registaram um aumento da construção destes nos últimos meses. A presença destes colonatos no território palestiniano é considerada um obstáculo à paz entre a Palestina e Israel.

Mahmud Abbas, presidente palestiniano, caracterizou a adoção desta resolução como uma “forte bofetada”. Já o primeiro-ministro de Israel afirma que não tenciona cumprir a resolução do Conselho de Segurança. “Israel rejeita a vergonhosa resolução da ONU anti-Israel e não está de acordo”, informou num comunicado.

Donald Trump, presidente eleito dos EUA, já havia apelado à abstenção dos EUA nesta resolução, declarando num comunicado na rede social Facebook que a paz só “pode surgir de conversações”. “Israel ficaria colocado numa posição negocial muito má e é extremamente injusto para todos os israelitas”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *