Capital,  Sem Categoria

Polpetta, a almondegaria de Lisboa

Lisboa está recheada de diversas hamburguerias, pizzerias, padarias, cachorrarias, etc.. Quando se achava que era impossível inovar no que toca a este tipo de restaurante (que se especializa num tipo de comida), a nossa Capital surpreende-nos com o surgimento da primeira almondegaria em Lisboa, Polpetta, que abriu portas em novembro.

Quem entra na Polpetta é recebido com uma enorme simpatia pelo gerente e chef João Fonseca e por Érica Silva, responsável pelo espaço de refeições e pela playlist agradável de música ambiente.

[cycloneslider id=”polpetta-1″]

João Fonseca já trabalhava na restauração e sempre quis ter um espaço próprio. Queria algo único, que se distinguisse dos demais restaurantes em Lisboa. Inspirou-se em Madrid, Paris e Nova Iorque e trouxe para Portugal um conceito muito original – o conceito de almondegaria, ou seja, um lugar onde a almôndega é a rainha.

Aqui na Polpetta (Polpetta significa almôndega, em italiano) existem quatro combinações de almôndegas fixas e uma especial, que vai mudando todos os meses. A especial de março é o Thai, que consiste num mix de novilho e porco, coentros, amendoim, lima e malagueta.

A combinação dos ingredientes de cada prato é feito da seguinte maneira: às quatro almôndegas, com cerca de cinquenta gramas cada, que podem ser de novilho, frango, porco, veggie ou a especial do mês, pode-se juntar molho de tomate, cogumelos, pesto ou iogurte. Como acompanhamento, as escolhas podem ser puré de batata, pasta fresca, legumes salteados, polenta frita, couscous ou salada. A combinação mais frequente é a de almôndegas de novilho, pasta fresca e molho de tomate. Todos os ingredientes deste mix combinam maravilhosamente e a qualidade de cada elemento do prato, tal como a apresentação do mesmo, fazem qualquer um ficar com água na boca e chorar por mais. As quatro almôndegas são assadas e confecionadas com carne 100% de novilho, a massa é ótima e o molho de tomate vem em boa quantidade, ligando-se às almôndegas e à pasta fresca de forma perfeita. Todos os pratos são servidos com queijo ralado por cima.

[cycloneslider id=”polpetta-2″]

A preparação dos ingrediente é feita da forma mais saudável possível – por exemplo, as almôndegas não são fritas mas sim assadas. Todos os pratos e ingredientes são preparados na cozinha da Polpetta.

[cycloneslider id=”polpetta-3″]

As almôndegas, o acompanhamento e o molho podem ser servidos no mesmo prato ou então cada um dos ingredientes pode vir em pratos separados. Também há a opção de as almôndegas virem no pão: as rústicas, que consistem em três almôndegas servidas numa baguete rústica com mozarela fundida com um molho à escolha, ou, para quem quer algo mais leve, sliders, que consistem numa almôndega servida em pão brioche com mozarela fundida e também com o molho à escolha.

Há também a opção take away, para quem desejar.

Relativamente à bebida para acompanhar a refeição, a melhor escolha serão os sumos naturais de frutas, sendo que todas as semanas há um novo para saborear. O da imagem é de ananás, morango e hortelã. Em semanas anteriores, fizeram-se combinações de, por exemplo, laranja, manga e banana ou manga, maçã e laranja.

 

No final, como sobremesa, as opções são brownie de chocolate com gelado de baunilha, cheesecake de caramelo salgado e trifle de limão. Falando deste trifle de limão, provavelmente é uma das melhores sobremesas desta cidade. Consiste numa camada de bolacha de aveia, chantilly caseiro e, por cima, creme de limão e lima. A ligeira acidez do creme de limão e lima combina na perfeição com o chantilly caseiro, que é muito leve, juntamente com a bolacha de aveia. Esta é uma invenção de João Fonseca, aliás, tal como todos os pratos são criação do mesmo.

[cycloneslider id=”polpetta-4″]

Com a aproximação do verão e de dias mais quentes, passarão a ser servidas saladas, algo mais light, para quem desejar.

O espaço tem vinte e oito lugares sentados, é bastante cosy e faz-nos sentir automaticamente em casa. Toda a decoração foi feita por João, juntamente com a família. Ele próprio construiu as mesas de madeira para refeições. Constitui uma boa opção para passar uma tarde de estudo, dado que depois do almoço o ambiente é mais sossegado, juntamente com a boa música que passa e a existência de tomadas ao lado de várias mesas para ligar o computador caso necessário.

 

[cycloneslider id=”polpetta-5″]

O feedback tem sido bastante positivo. Quem vai uma vez volta sempre.

 

Morada: Regueirão dos Anjos, nº 81

Horário de funcionamento: Seg e Ter – 12:00 a 15:00; Qua, Qui, Sex, Sáb – 12:00 a 15:00, 19:30 a 23:00.  Encerra ao Domingo.

Facebook: https://www.facebook.com/polpettarestaurante/

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *