Poluir pode vir a ser considerado pecado

Poluir o meio ambiente pode vir a ser considerado um “pecado ecológico”. A decisão proveio do Papa Francisco que afirmou estarmos perante uma ameaça ao nosso “lar comum”, que é como quem diz, o Planeta Terra.

Fonte: LUSA/FABIO FRUSTACI

Segundo a notícia avançada pela agência espanhola EFE, o Papa Francisco anunciou que a Igreja Católica pretende introduzir no catolicismo a noção de “pecado ecológico”. O Papa explicou que os crimes contra o meio ambiente devem ser punidos de alguma forma, principalmente num momento em que enfrentamos “crimes contra a paz”, como descreve o Pontífice.

O chefe da Igreja Católica aproveitou o XX Congresso Internacional da Associação de Direito Penal, realizado em Roma, para deixar uma mensagem e estabelecer a sua posição em relação ao tema: “um sentido elementar de justiça implicaria que alguns comportamentos, dos quais as empresas são geralmente responsáveis, não fiquem impunes. Em particular todos aqueles que podem ser considerados ecocídios”.

O ecocídio é o conjunto de ações desencadeadas pelo Homem que põem em causa a saúde do Planeta. É o caso da “poluição maciça do ar, da terra e dos recursos hídricos, a destruição em grande escala da flora e da fauna e qualquer ação capaz de produzir um desastre ecológico ou destruir um ecossistema”, enumera o Papa Francisco.

A ideia de introduzir o “pecado ecológico” não é nova e já tinha sido discutida no Sínodo dos Bispos sobre a Amazónia. A proposta é a de estabelecer os problemas ambientais como ações contra Deus, contra a comunidade e o meio ambiente

Artigo corrigido por Adriana Alves

Artigos recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *